Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 6787
Data de inscrição : 14/11/2012
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Qui Out 16, 2014 4:39 pm
Não fiquem nervosos, eu não fiquei muito desiludido!

_________________
"Podes não mudar o mundo, mas podes morrer a tentar."
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Qui Out 16, 2014 4:46 pm
Não fico nervoso. Fico triste por não ter correspondido às expectativas!

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Feminino
Mensagens : 20118
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 30
Localização : Hogwarts
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Qui Out 16, 2014 5:37 pm
Eu acho que vocês se preocuparam com espaços que não valiam a pena... Há casos em que só vos falta mostrar o wc, outros que mostram... Raramente aparecem as casa de banho e quando aparecem não são locais relevantes. Nem todos os quartos da família são cenários, as cozinhas também nem sempre são pontos relevantes... Fazem sentido apenas em alguns casos.

Já para não dizer que não vejo casas portuguesas na grande maioria. Mesmo quando se tenta ser moderno, contemporâneo, wtv, há sempre o toque português.

Sim, eu sei, que tiveram de se limitar às imagens da internet... Mas mesmo assim...

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 16029
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Qui Out 16, 2014 5:52 pm
Magy escreveu:Se eu vos disser que fiquei desiludida, vocês ficam nervosos?

Pareceu-me que estavas com altas expectativas, por isso não me surpreende muito. Smile Ao ver as minhas escolhas, acho que não são wow, mas safam-se. Gosto.
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 550
Data de inscrição : 15/09/2013
Idade : 19
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Qui Out 16, 2014 8:56 pm
Eu fui muito simplista na minhas escolhas. Não estou à espera de meter alguém em estado "mindblown", mas espero que chegue Smile
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sex Out 17, 2014 6:59 pm
Hello!



Recapitulando, o tema é:



Nesta semana, tiveram de escolher os decors e os locais de gravação da vossa novela.

Portanto, aqui estão os trabalhos dos concorrentes:


climatico:


No Alentejo, as casas são térreas e caiadas de branco com uma pequena lista azul na parte de baixo. A Quinta “Casa da Patrícia” é a propriedade da família Monteiro Marques. Será nela que passarão muitas das cenas principais das personagens protagonistas. A escolha da casa prende-se por ser uma família com posses. Os Monteiro Marques herdaram a casa dos seus antepassados, reformando-a e adaptando-a aos nossos dias, mas sempre com um toque alentejano e muito tradicional. A casa é composta por 6 quartos, um cozinha, uma sala de estar e de jantar, 4 casas de banho e um escritório.

Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, João Marques, António Pinto, Tomás Alves, Laura Marques.



Dentro da típica casa alentejana teremos uma Sala de Jantar, onde se realização as grandes reuniões da família Monteiro Marques, bem como a sala de estar com a grande lareira, à Alentejo, com decoração típica de uma casa desta região portuguesa.. Nestas duas divisões: discussões, confirmações, segredos, tudo passará por um dos principais decórs da novela.
Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, João Marques, António Pinto, Tomás Alves, Laura Marques.



Neste escritório, na Casa da Patrícia vão acontecer as grandes conversas da novela. Manuel Joaquim é quem mais usa esta divisão. Tem aqui as suas memórias. Aqui se refugia, junto do quadro de Salazar. É aqui que António e Manuel conversam, e também onde Manuel chora, desespera, coisa que não faz a frente de mais ninguém.
Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, António Pinto.



Fazem Parte: Margarida Marques, Albertina Pereira, Custódia Costa, Conceição Oliveira , Alexandre Folgado .
Um antigo Convento do século XIX transformado em Hotel Rural, na vila de Redondo. Todos se juntam na Recepção, na Cozinha, no Restaurante do Hotel e passam por lá as mais diversas situações. Toda a estrutura do Hotel contempla uma decoração que mescla o moderno com vários apontamentos do edifício original.



Fazem Parte: Laura Marques, Patrícia Vaz Pinto, Jorge Fernandes, João Marques, Inês Silva, Sandra Rodrigues, André Calisto
Um bairro típico português, Alfama, vai contar as histórias do núcleo de Lisboa. Laura e Patrícia, João, Inês e Sandra moram neste bairro. Pelas ruas e escadarias de Alfama, as histórias de amor de Laura e André ficarão guardadas. E os becos esconderão os segredos de Patrícia.



Fazem Parte: Laura Marques, Patrícia Vaz Pinto, Jorge Fernandes, André Calisto
Laura e Patrícia alugam um T2 em Alfama. Um apartamento remodelado, cheio de luz e cor. Esse apartamento mostra alegria, paz, animação, tudo decorado pela futura designer: Laura, que está a começar a sua viagem nesta vida.



Fazem Parte: Laura Marques, João Marques, Inês Silva, Sandra Rodrigues
A casa das ex-universitárias Inês e Sandra é um pequeno T2, remodelado na zona de Alfama. É aqui que as amigas vão "partilhar" João. Todas as peripécias deste casal serão testemunhadas por esta casa. A Cozinha e a sala estão juntas, e  é aqui que se passarão a maioria das cenas.



A Vila de Redondo foi a localidade escolhida para os cenários exteriores da vila alentejana. É uma vila muito antiga, com vários anos de história para contar, tal como as personagens que compõem esta novela. Todas as personagens passarão, pelo menos uma vez na vila, ponto central da história.
Fazem Parte: Custódia Costa, Conceição Oliveira, Porfírio Monteiro, Urbano Monteiro, Esperança Monteiro, Mariana Matos, Constança Maria Afonso Monteiro, Mariazinha



A Casa de António Pinto é outra casa tipicamente alentejana. Bastante simples. Além da área exterior, que trarão grandes conversas, por exemplo, entre António e Carlos, também o alpendre nos darão grandes momentos do entardecer alentejano. Mas ainda nesta casa a lareira da sala será outros dos cenários da novela que trará alguns dos momentos mais românticos entre José e Carlos.
Fazem parte: António Pinto, Lurdes Pinto, José Pinto, Patrícia Vaz Pinto, Constança Maria Afonso Monteiro, Carlos Marques

Johnman:
Locais de gravação: Covilhã e Penhas da Saúde

Décor da casa de Carlos e Susana:



A minha visão da casa deste dois (e da Dália, quando estava viva) era de um apartamento simples, com boa luz e contemporâneo. Simplesmente porque esse era o estilo que descrevia a vida desta família, até que a tragédia se começou a dar. Este aqui apresentado preenche esses requisitos de forma satisfatória, e é por isso que o escolho.

Décor da casa de Filipa:



De novo, para a casa da Filipa, não queria nada mais do que uma casa com características semelhantes, senão iguais, que as da família Oliveira: simples, boa luz e moderna, só que um pouco mais pequena. Características que se assemelham com a personalidade vivida e alegre da polícia.

Décor da sala de trabalho de Carolina:



O principal décor de Carolina é a sua sala de trabalho, onde ocorrem as suas sessões de terapia psicológica – uma sala importante para o progresso da história, seja por receber personagens como Carlos ou Susana, como também onde ela decide planear os seus esquemas em maior parte das vezes. Precisava de ser nada mais que o estereotípico lugar de trabalho para uma psicóloga, e este aqui serve.

Décor da casa de Carolina:



E este é o segundo décor com Carolina em foco, neste caso a sua casa. Para colidir positivamente com a personagem, deveria ser tal e qual o que é: uma atmosfera algo “dark” à sua roda, sem deixar de parte o seu lado contemporâneo.

Décor principal da casa da família Rodrigues/Soares:



Para esta família, queria aquilo que eu chamo o “típico lugar” português. Bastante simplista, mas não demais, com a adição de uma decente luz. Isto porque, na minha vista, estas personagens viveriam num sítio que mais se esperasse caso fossem reais: uma casa humilde e simplista.

Décor da casa de Alice:



Sendo Alice uma prostituta, e não de luxo, o dinheiro do seu bolso não é em enorme quantidade, apesar dela ser procurada no seu emprego. Só fazia sentido se a casa dela fosse igualmente não muito vistosa, nem aparentemente cara. Tem luz suficiente, é pequena… é perfeita para a personagem.

Décor principal da mansão da família Lopes:



A família Lopes, com o seu lado excêntrico, megalomaníaco e também algo sádico, requiria uma mansão luxuosa com luminosidade suficientemente “dark”. Apesar desta imagem provavelmente ter sido tirada à noite, é mais ou menos este ambiente que pedia do décor principal desta casa.

Décor do quarto de Lourenço e Margarida:



Este casal necessita exatamente aquilo que mais representa a personalidade de Lourenço no seu décor: luxo.

Décor do quarto de Marco:



Para o quarto de Marco, eu necessitava de um décor típico de um quarto para um adolescente, algo colorido, também moderno e com bastante luz. E também por um detalhe algo óbvio porque tal estilo simboliza que Marco já lá dorme desde adolescência pelo menos.

Décor do quarto de Inês:



O quarto de Inês precisava de ser apenas a versão mais feminina do quarto do Marco. Isto é nada mais, nada menos do que isso. Ainda que com menos luz ao seu dispor, mas ao mesmo tempo, isso até é um detalhe que ajuda, pois Inês é uma personagem com um futuro negro e a atmosfera mais “dark” assenta-lhe bem.

Décor do chalé de Patrícia e Renato:



Para este casal, eu vi que ambas as personalidades frias e vaidosas aqui demonstradas ficariam bem a viver num chalé na Serra da Estrela, um local com um clima igualmente frio e uma personalidade igualmente vaidosa. Para além disso, a natureza de madeira da casa é uma boa ajuda num lado irónico, pois convive bem com o facto de Patrícia ser uma (ex-)bombeira.

Décor do circo:



Ora, é o décor de um circo, e um circo que eu envisionaria bem sendo “fisicamente” o Circo Loco do universo da novela. Tudo dito aqui.

Samuel:
Galvão



Esta sala foi escolhida com base na sua dimensão e também pelo lado mais rústico da casa em si. É um espaço amplo no qual será possível mudar facilmente de perspetiva nas diferentes cenas dos Galvão. Este será o local onde Isabel e o pai passarão a maior parte do tempo até este viajar até à Suíça. Serão também aqui geradas algumas discussões entre os irmãos Galvão.



Aqui serão tomadas todas as refeições dos Galvão, num espaço aberto sobre a sala. Os apontamentos em vermelho dão vida aos compartimentos.



Este é o espaço de Isabel Galvão. Tal como ela, o seu ‘cantinho’ é acanhado e sem grandes cores vibrantes. É certo que segue a linha da sala, mas foi também pelo facto de se adequar à personalidade e condição física da Isabel que o escolhi. É aqui que passará grande parte dos dias, que chorará e que se sentirá sozinha quando o pai viajar.



Este é o quarto de Armando. Durante o cancro, será aqui que o patriarca permanecerá, sobretudo nos momentos de maior dor. Os filhos e familiares usarão o quarto para visitá-lo. Contudo, este deixará de ser usado em demasia depois do inesperado regresso de Armando, passando este a frequentar mais a sala e os restantes compartimentos.



O pequeno escritório de Armando fazia parte do seu dia-a-dia quando este exercia advocacia, mas depois da doença, serve apenas para meditar e para se sentir afastado da vida lá fora. É um compartimento simples, mas ainda assim moderno.



Por fim temos o local onde trabalharão Susete e os empregados. Apenas Susete tem uma certa importância na história, por isso a cozinha será mostrada quase sempre em cenas de “coscuvilhice” por parte dos funcionários. É uma cozinha em madeira, bem ao estilo do resto da mansão dos Galvão.

Família de Artur



Tal como a família, a casa comprada por Artur é mais clássica, mas ao mesmo tempo moderna. Esta sala, diferente da da mansão dos Galvão, vai ser o local de discórdia nos primeiros tempos. Apesar de Artur ocupar mais do seu tempo no escritório, a sala será também ela movimentada. O azul das paredes corresponde à personalidade melancólica de Débora e o castanho do teto ao mau feitio de Artur.



Mais uma vez, sala, cozinha e espaço de refeições no mesmo compartimento, o que impede a constante mudança de cenários de uma cena a outra. Cozinha e espaço de refeições atuais, mas tal como mencionado, com alguns elementos mais clássicos.



Este é o escritório onde Artur trabalhará e elaborará os seus planos. É um local sereno, onde o personagem se sente em “paz”. O azul-bebé da sala passou a azul-escuro no escritório.



Talvez o compartimento mais clássico da casa da família de Artur. Aqui temos o quarto do casal (Artur e Débora), um quarto sem grande cor, escolhido inteiramente por Débora, na altura levada pela depressão. Aliás, será neste quarto que Débora se sentirá mais sozinha, sobretudo nos momentos em que o marido a ignora.



Aqui viverão Magda e o filho adotivo. Mãe e filho passarão a maior parte do dia fechados no quarto, muito por conta da relação atribulada de Magda com o pai. O quarto de Luísa é semelhante ao de Magda, por isso não o coloquei.

Anabela



Como Artur vive com a família, é em casa de Anabela que os dois se encontram normalmente para discutir os planos e as decisões a tomar. Anabela vive independente numa moradia muito atual e cheia de personalidade. Esta sala é o cenário ideal para ‘acompanhar’ cenas de maior tensão.



A cozinha segue a linha da sala. Se Anabela ‘queria’ algo simples, prático e bonito, damos-lhe uma cozinha simples, prática e bonita, bem ao estilo da sala e do resto da casa.



O quarto da filha de Armando é virado para o exterior, cheio de claridade. Não será no entanto muito usado como pano de fundo.

Família de Fernanda



A casa de Fernanda não é tão requintada como as dos irmãos, mas também ela não dá tanta importância a luxarias. Os principais compartimentos têm alguns apontamentos em vermelho, tal como a mansão da família. Na verdade, Fernanda estará mais preocupada com o hostel do que com a própria casa e mantém-na assim bastante simples.



Tal como a sala e a cozinha, o quarto de Fernanda e João é bastante simples, ainda assim atual e moderno. O espaço será onde João tentará de tudo para conseguir o amor da esposa, porém em vão.



Já o quarto de Dinis tem mais cor, é maior do que o dos pais e ganha assim outra ‘vida’. O quarto foi-lhe cedido pelos pais quando estes que se sentiriam mais confortáveis no outro quarto. Dinis remodelou o espaço por completo. É lá que vai ter as suas primeiras experiências sexuais com homens, mulheres, e com os dois sexos ao mesmo tempo. No fundo, é um quarto com uma personalidade à sua medida.

Hostel



Esta é a entrada do hostel criado pela Fernanda e pelo seu amante Renato. É um espaço relativamente pequeno, onde aparecerá mais Andreia, rececionista do alojamento. Certos confrontos casuais com Renato poderão acontecer aqui.



Depois da entrada, um espaço onde os hóspedes poderão esperar até ser atendidos. Pode também ser utilizado como espaço de lazer, para leituras diárias, por exemplo.



É dos compartimentos mais importantes do hostel, onde se juntarão vários personagens ao mesmo tempo, incluindo figurantes (hóspedes). O espaço contém uma cozinha partilhada, um canto para refeições (que poderia ser eventualmente aumentado) e mais um espaço de lazer/descanso, composto por um sofá e duas cadeiras. Todo o hostel tem uma decoração simples, atual e alegre, que pode incitar os jovens a instalarem-se no mesmo.



Os quartos são também elementos relevantes num hostel. Os quartos deste primeiro hostel de Fernanda e Renato são todos como este, com ligeiras alterações cada um (como a cor das paredes, por exemplo), para criar uma certa diversidade. O número de camas por quarto pode variar entre 4 (como este) e 8.


Este espaço foi pensado para os mais descontraídos. A mesa pode ser substituída por uma mesa de bilhar e à volta podem ser instalados computadores ou outros jogos para livre utilização por parte dos hóspedes. É um espaço sem grande importância da novela, mas algumas cenas poderão ser filmadas aqui.

Amanda e Renato



Vivendo numa casa da família do marido, Amanda vai fazer dela o que quiser: alugar os quartos a estudantes universitários. Este compartimento é onde os hóspedes passam a maior parte do tempo e também onde Amanda fala com eles antes de passarem a viver lá. Optei por algo muito mais simples e low cost, contrastando com as casas dos núcleos mais ricos.



A cozinha será o local onde Amanda passará uma boa parte do tempo. Não é um espaço enorme, até porque a avó de Renato prefere preparar tudo sozinha, enquanto os hóspedes fazem o que bem lhes apetecer.



Os quartos são seis e todos relativamente parecidos: mobília simples e eficaz que impõe uma harmonia agradável.



Grandes momentos serão passados à mesa. Aliás, os grandes momentos de humor iniciais serão durante as refeições, durante as quais Amanda quererá saber um pouco mais acerca da vida de quem acolhe em sua casa. Para isso é preciso uma mesa de jantar ampla o suficiente, como esta. O espação não é sobrecarregado para não estragar o ambiente leve das cenas.

Catarina, Eliana e Carolina



As três amigas procuravam um apartamento barato, mas com as condições mínimas e foi isso que encontraram: um pequeno apartamento, mobilado de forma simples e pouco dispendiosa. Esta foto mostra o compartimento único que contém a cozinha, a sala de estar e um espaço para refeições, onde Catarina, Eliana e Carolina socializarão. É também aqui que as ideias mirabolantes das três se passarão, nomeadamente as explicações.



Mais uma vez, não quis sobrecarregar-vos com muitos quartos. Os três quartos do apartamento são parecidos, com mobília e decoração ligeiramente diferentes. De assinalar que são quartos mais virados para o sexo feminino, com um subtil toque de ‘realeza’, que também caracteriza as três amigas.

Família Cardoso



Os Cardoso têm um estatuto social relativamente baixo comparando com o dos Galvão. Ainda assim, é-lhes permitido ter um apartamento moderno e bem decorado. Sem extravagâncias, esta cozinha tem o essencial para uma família de quatro pessoas e uma disposição atual. A claridade é também um fator importante numa família caracterizada por tragédias.



A sala de estar vem na linha da cozinha: decoração simples, eficaz e moderna. As paredes em tijolo dão mais personalidade e conforto ao espaço.



Este é o quarto da Sónia e do Hélder, local onde acontecerá parte da violência tanto física como psicológica. É um compartimento algo natural, sem muita vida, que pode ser comparado com a relação entre os dois.



Mal vi este quarto, pensei logo nos irmãos André e Diogo. Para além das cores cativantes, que variam entre o azul e o vermelho, o quadro na parece diz muito sobre a forte ligação entre os dois. “Every brother is a superhero”. É isto que pensa Diogo, sobretudo depois do suicídio do irmão, mesmo à sua frente. É neste quarto que se passarão as cenas marcadas pela nostalgia de um filho/irmão perdido.

Os métodos de avaliação:

Júri: A cada concorrente, cada jurado dará uma pontuação de 0 a 20 aos decors da vossa novela e uma justificação. No total o júri dá uma pontuação de 0 a 80 a cada concorrente, visto que há 4 jurados.

Público: O público vai votar através de uma votação exterior, depois as pontuações serão convertidas de 0 a 20. Exemplo: Recebi 17 votações, o concorrente A recebeu 10 votos pelo seu desafio, depois vou converter da seguinte maneira, 10:17 = 0.6 ; 0.6 x 20 = 12.


O público pode votar a partir deste link: http://pt.encuestafacil.com/RespWeb/Cuestionarios.aspx?EID=1854119&MT=X#Inicio

Podem votar até ao 12:00 do dia de amanhã.

Comentem!

Alguma dúvida, é só perguntarem.

Volto amanhã, com as pontuações da 6ª semana! Até lá! Very Happy
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 16029
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sex Out 17, 2014 7:08 pm
Não enviei cidades e tal, porque faria muitas fotos, mas seria a melhor coisa. Razz

Gosto de alguns dos vossos décors, John e clima. Bom trabalho! Wink
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:19 am
Num primeiro apontamento:
Samuel tem imensos cenários
Jonhman tem cenários muito parecidos

Eu acho que tenho poucos cenários (em comparação) e muito mais "rústicos". Eu vejo cenários muito específicos. Eu optei, talvez pela minha novela precisar, de apontar cenários mais gerais.

_________________
avatar
Nível 2
Mensagens : 2090
Data de inscrição : 19/10/2013
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:37 am
Para mim os melhores foram os do climático, pois são aqueles que parecem mais cenários de,uma novela.
avatar
Nível 2
Sexo : Feminino
Mensagens : 20118
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 30
Localização : Hogwarts
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:39 am
Já avaliei e comentei...

O que esperam da minha avaliação? Twisted Evil
Posso dizer que nenhum me satisfez a 100%. A minha melhor nota é 15.

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:44 am
Magy escreveu:Já avaliei e comentei...

O que esperam da minha avaliação? Twisted Evil
Posso dizer que nenhum me satisfez a 100%. A minha melhor nota é 15.

Sinceramente não sei o que esperar. Acho que foi difícil transmitir aqui algo pois não somos projectistas e não me sinto à vontade neste ramo.
Fiz o que melhor que pude.
É esperar!

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Feminino
Mensagens : 20118
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 30
Localização : Hogwarts
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:46 am
Acredito que todos fizeram o melhor. Não duvido disso. Wink

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:50 am
Magy escreveu:Acredito que todos fizeram o melhor. Não duvido disso. Wink

Eu sei que não duvidas.

A questão aqui prende-se mesmo, para mim, de não termos a realidade das "coisas" que queremos. Pelo menos no meu caso, foi difícil escolher as divisões certas. Fazer a história pode ser difícil, mas se nós acreditarmos nela, ela é nossa e é transmitida para fora. Aqui as imagens não são"totalmente" nossas.

Vamos ver Very Happy

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 3101
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:56 am
As minhas notas foram altitas pelo esforço, mas também partilho a opinião da Magy, fiquei desapontado.
avatar
Nível 2
Mensagens : 2090
Data de inscrição : 19/10/2013
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 1:16 am
Votado Wink
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:06 pm
As votações do público estão fechadas. Confesso que fiquei chocado. Surprised

Hoje às 18:00 - Postagem das pontuações da semana
avatar
Nível 2
Mensagens : 2090
Data de inscrição : 19/10/2013
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:39 pm
Pela positiva ou negativa ?
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 12:44 pm
Não sei. Laughing
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 6:00 pm
Hello!

Hoje revelo as pontuações dos desafios desta semana, do tema....



Os métodos de avaliação:


Júri: A cada concorrente, cada jurado dará uma pontuação de 0 a 20 aos decors da sua novela e uma justificação. No total o júri dá uma pontuação de 0 a 80 a cada concorrente, visto que há 4 jurados.

Público: O público vai votar através de uma votação exterior, depois as pontuações serão convertidas de 0 a 20. Exemplo: Recebi 17 votações, o concorrente A recebeu 10 votos pelo seu desafio, depois vou converter da seguinte maneira, 10:17 = 0.6 ; 0.6 x 20 = 12.


Vamos começar pelas pontuações dos vossos decors e locais de gravação:


climatico:
Decors e locais de gravação:


No Alentejo, as casas são térreas e caiadas de branco com uma pequena lista azul na parte de baixo. A Quinta “Casa da Patrícia” é a propriedade da família Monteiro Marques. Será nela que passarão muitas das cenas principais das personagens protagonistas. A escolha da casa prende-se por ser uma família com posses. Os Monteiro Marques herdaram a casa dos seus antepassados, reformando-a e adaptando-a aos nossos dias, mas sempre com um toque alentejano e muito tradicional. A casa é composta por 6 quartos, um cozinha, uma sala de estar e de jantar, 4 casas de banho e um escritório.

Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, João Marques, António Pinto, Tomás Alves, Laura Marques.



Dentro da típica casa alentejana teremos uma Sala de Jantar, onde se realização as grandes reuniões da família Monteiro Marques, bem como a sala de estar com a grande lareira, à Alentejo, com decoração típica de uma casa desta região portuguesa.. Nestas duas divisões: discussões, confirmações, segredos, tudo passará por um dos principais decórs da novela.
Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, João Marques, António Pinto, Tomás Alves, Laura Marques.



Neste escritório, na Casa da Patrícia vão acontecer as grandes conversas da novela. Manuel Joaquim é quem mais usa esta divisão. Tem aqui as suas memórias. Aqui se refugia, junto do quadro de Salazar. É aqui que António e Manuel conversam, e também onde Manuel chora, desespera, coisa que não faz a frente de mais ninguém.
Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, António Pinto.



Fazem Parte: Margarida Marques, Albertina Pereira, Custódia Costa, Conceição Oliveira , Alexandre Folgado .
Um antigo Convento do século XIX transformado em Hotel Rural, na vila de Redondo. Todos se juntam na Recepção, na Cozinha, no Restaurante do Hotel e passam por lá as mais diversas situações. Toda a estrutura do Hotel contempla uma decoração que mescla o moderno com vários apontamentos do edifício original.



Fazem Parte: Laura Marques, Patrícia Vaz Pinto, Jorge Fernandes, João Marques, Inês Silva, Sandra Rodrigues, André Calisto
Um bairro típico português, Alfama, vai contar as histórias do núcleo de Lisboa. Laura e Patrícia, João, Inês e Sandra moram neste bairro. Pelas ruas e escadarias de Alfama, as histórias de amor de Laura e André ficarão guardadas. E os becos esconderão os segredos de Patrícia.



Fazem Parte: Laura Marques, Patrícia Vaz Pinto, Jorge Fernandes, André Calisto
Laura e Patrícia alugam um T2 em Alfama. Um apartamento remodelado, cheio de luz e cor. Esse apartamento mostra alegria, paz, animação, tudo decorado pela futura designer: Laura, que está a começar a sua viagem nesta vida.



Fazem Parte: Laura Marques, João Marques, Inês Silva, Sandra Rodrigues
A casa das ex-universitárias Inês e Sandra é um pequeno T2, remodelado na zona de Alfama. É aqui que as amigas vão "partilhar" João. Todas as peripécias deste casal serão testemunhadas por esta casa. A Cozinha e a sala estão juntas, e  é aqui que se passarão a maioria das cenas.



A Vila de Redondo foi a localidade escolhida para os cenários exteriores da vila alentejana. É uma vila muito antiga, com vários anos de história para contar, tal como as personagens que compõem esta novela. Todas as personagens passarão, pelo menos uma vez na vila, ponto central da história.
Fazem Parte: Custódia Costa, Conceição Oliveira, Porfírio Monteiro, Urbano Monteiro, Esperança Monteiro, Mariana Matos, Constança Maria Afonso Monteiro, Mariazinha



A Casa de António Pinto é outra casa tipicamente alentejana. Bastante simples. Além da área exterior, que trarão grandes conversas, por exemplo, entre António e Carlos, também o alpendre nos darão grandes momentos do entardecer alentejano. Mas ainda nesta casa a lareira da sala será outros dos cenários da novela que trará alguns dos momentos mais românticos entre José e Carlos.
Fazem parte: António Pinto, Lurdes Pinto, José Pinto, Patrícia Vaz Pinto, Constança Maria Afonso Monteiro, Carlos Marques
lvigario:

Nota: 19/20
Justificação: A casa da Patrícia tem de fato uma aura totalmente alentejana, sim senhor. Os décors estão interessantes e bem articulados com a casa, ou seja, é credível. Para além disso, são bem “novelescos”. O hotel também me parece bem. Em suma, fizestes boas escolhas: credíveis, interessantes, bem justificadas e bonitas a um nível estético e foste esclarecedor, mas sucinto.

Magy:

Nota: 15/20
Justificação: Por acaso imaginei os Monteiro Marques numa casa mais senhorial dois andares, mas estou capaz de me habituar à ideia de os ver numa casa rasteira mais típica. Acho que aquele alpendre fica perfeito para quando algum personagem quer pensar enquanto contempla a paisagem. Gosto bastante do escritório, é um ambiente acanhado, apesar de ser uma divisão grande, está demasiado cheia o que faz um espaço pequeno. Uma boa metáfora para a rigidez que se vive na família. No entanto, acho que a sala deixa um pouco a desejar. É uma sala (de estar e jantar) muito humilde, muito parca em decoração e acessórios. Ainda assim, gosto mais da sala de jantar que da de estar. Podias ter caprichado mais nas salas. No que respeita ao hotel, convenceste-me. A cozinha é perfeita, a sala de jantar também. A recepção é que podia ser mais rústica, mas não está nada mal.
Gosto bastante da sala da Patrícia e da Laura. É acolhedora e bastante natural. Nota-se que vive ali gente. Para o trio estava a ver algo mais moderno. Um loft moderno, talvez.
Gostei da casa do António, mas acho que podias ter adicionado mais uma divisão, pelo menos.
Acho que te faltam outros cenários. Nem que fosse uma sala ou um quarto para os outros personagens. Não gostei da cena de não mostrares os décors da Margarida. Achei de muito mau gosto! No geral gostei, mas estava à espera de mais. Esperava algo menos modesto. Se calhar fui eu que percebi mal as personagens.

Nossa:

Nota: 14/20
Justificação: No geral, gostei bastante dos cenários. Nota-se que é uma novela muito portuguesa e muito interior. Quanto à Casa da Patrícia, adoro o exterior, mas quanto ao interior acho os espaços muito pequenos e isso não resulta em televisão; mas gosto da decoração e do ambiente que as divisões têm. No que toca ao Hotel, não há muito a dizer e cumpre o prometido. Escolheres o bairro de Alfama para uma história de amor é muito inteligente, o bairro tem o ambiente perfeito para isso; estou mesmo a imaginar os exteriores! Também gostei dos T2 de Alfama, embora o da Inês e Sandra não tivesse gostado muito. A Vila de Redondo parece-me ideal para os cenários exteriores... fico a imaginar o núcleo cómico nessa vila alentejana. A casa do António também é bastante bonita... só falta o quarto!

Nuno:

Nota: 17/20
Justificação: Acho que respeitaste muito bem o pano de fundo da tua novela que é o Alentejo, acho que os decors têm muito a ver com esse pano de fundo. De todos os concorrentes, acho que foste aquele que deu aqueles "toques" de que os cenários das novelas precisam, o facto de serem ao mesmo tempo mais próximos da realidade, mas também "novelescos", se é que me entendes. Mas há ali cenários que eu pessoalmente não gosto, mas apesar disso, parabéns pelo teu trabalho!

Johnman:
Decors e locais de gravação:
Locais de gravação: Covilhã e Penhas da Saúde

Décor da casa de Carlos e Susana:



A minha visão da casa deste dois (e da Dália, quando estava viva) era de um apartamento simples, com boa luz e contemporâneo. Simplesmente porque esse era o estilo que descrevia a vida desta família, até que a tragédia se começou a dar. Este aqui apresentado preenche esses requisitos de forma satisfatória, e é por isso que o escolho.

Décor da casa de Filipa:



De novo, para a casa da Filipa, não queria nada mais do que uma casa com características semelhantes, senão iguais, que as da família Oliveira: simples, boa luz e moderna, só que um pouco mais pequena. Características que se assemelham com a personalidade vivida e alegre da polícia.

Décor da sala de trabalho de Carolina:



O principal décor de Carolina é a sua sala de trabalho, onde ocorrem as suas sessões de terapia psicológica – uma sala importante para o progresso da história, seja por receber personagens como Carlos ou Susana, como também onde ela decide planear os seus esquemas em maior parte das vezes. Precisava de ser nada mais que o estereotípico lugar de trabalho para uma psicóloga, e este aqui serve.

Décor da casa de Carolina:



E este é o segundo décor com Carolina em foco, neste caso a sua casa. Para colidir positivamente com a personagem, deveria ser tal e qual o que é: uma atmosfera algo “dark” à sua roda, sem deixar de parte o seu lado contemporâneo.

Décor principal da casa da família Rodrigues/Soares:



Para esta família, queria aquilo que eu chamo o “típico lugar” português. Bastante simplista, mas não demais, com a adição de uma decente luz. Isto porque, na minha vista, estas personagens viveriam num sítio que mais se esperasse caso fossem reais: uma casa humilde e simplista.

Décor da casa de Alice:



Sendo Alice uma prostituta, e não de luxo, o dinheiro do seu bolso não é em enorme quantidade, apesar dela ser procurada no seu emprego. Só fazia sentido se a casa dela fosse igualmente não muito vistosa, nem aparentemente cara. Tem luz suficiente, é pequena… é perfeita para a personagem.

Décor principal da mansão da família Lopes:



A família Lopes, com o seu lado excêntrico, megalomaníaco e também algo sádico, requiria uma mansão luxuosa com luminosidade suficientemente “dark”. Apesar desta imagem provavelmente ter sido tirada à noite, é mais ou menos este ambiente que pedia do décor principal desta casa.

Décor do quarto de Lourenço e Margarida:



Este casal necessita exatamente aquilo que mais representa a personalidade de Lourenço no seu décor: luxo.

Décor do quarto de Marco:



Para o quarto de Marco, eu necessitava de um décor típico de um quarto para um adolescente, algo colorido, também moderno e com bastante luz. E também por um detalhe algo óbvio porque tal estilo simboliza que Marco já lá dorme desde adolescência pelo menos.

Décor do quarto de Inês:



O quarto de Inês precisava de ser apenas a versão mais feminina do quarto do Marco. Isto é nada mais, nada menos do que isso. Ainda que com menos luz ao seu dispor, mas ao mesmo tempo, isso até é um detalhe que ajuda, pois Inês é uma personagem com um futuro negro e a atmosfera mais “dark” assenta-lhe bem.

Décor do chalé de Patrícia e Renato:



Para este casal, eu vi que ambas as personalidades frias e vaidosas aqui demonstradas ficariam bem a viver num chalé na Serra da Estrela, um local com um clima igualmente frio e uma personalidade igualmente vaidosa. Para além disso, a natureza de madeira da casa é uma boa ajuda num lado irónico, pois convive bem com o facto de Patrícia ser uma (ex-)bombeira.

Décor do circo:



Ora, é o décor de um circo, e um circo que eu envisionaria bem sendo “fisicamente” o Circo Loco do universo da novela. Tudo dito aqui.
lvigario:

Nota: 12/20
Justificação: Não houve um grande arrojo nas escolhas do teu décor. Foram escolhas seguras, mas nem todas funcionaram. Eu sei que é difícil trabalhar-se apenas com o Google (para encontrar exemplos claros daquilo que vocês têm na cabeça), mas não é impossível. E por exemplo, a casa da Família Rodrigues/Soares, não é muito bonita a um nível estético e por mais pobre que a família seja, nunca numa novela iriam colocar um cenário desse género. A casa da família Lopes já me parece melhor, aliás bem melhor. O quarto da Inês é interessante e pode fazer-se imensos enquadramentos interessantes. E é no décor do Circo que se nota que foste preguiçoso, podias ter colocado o nome do Circo, no sitio onde está o outro nome. Fazias isso num instante no paint e mostravas que te empenhaste. E nós (jurados) contamos o empenho.

Magy:

Nota: 10/20
Justificação: Não imaginava a família Oliveira num apartamento, muito menos com uma decoração tão contemporânea e simplista. Na sala que enviaste vejo um casal jovem, que acabou de formar família, sem filhos. Acho que não condiz com a depressão que se vive naquela casa. É impossível avaliar a casa da Filipa. Só vejo uma televisão e um guardanapo na mesa. O consultório da Carolina é muito frio e formal. Tal como diz o link da imagem, é ideal para um advogado, um consultor… Não para um psicólogo. É um décor bonito, mas frio para uma psicóloga. Gostei da casa da Carolina, apesar de pouco se ver. Tal como dizes, a sala dos Soares/Rodrigues é bastante simples e tradicional, e eu concordo que se adequa muito bem à família em questão. Gostei da casa da Alice.
De todas as imagens que foram enviadas pelos concorrentes, a que mais gosto, a que mais se adequa (quer em cenário quem em imagem) é a da família Lopes. Está perfeita. Não se pode dizer o mesmo do quarto do casal Lopes: para um casal de 70 anos (que eu sempre achei exagero de idades) aquele quarto é tudo menos adequado. What the fuck? Queres um quarto adolescente para um homem de 27 anos? Uau… Obrigada por me dares a certeza de que estás totalmente à nora com a tua história! Não vejo um homem de 27 anos a dormir num quarto daqueles. Pelo amor de Deus, Jeová, Zeus, Buda e todos os seres religiosos… Com 27 anos e rico, com certeza já teira mudado a decoração há séculos. O mesmo para a Inês. Ainda que lhe quisesses dar um ar mais feminino, o quarto é de criança, não de uma mulher de 21.
Percebi a ironia da madeira e da incendiária louca, mas… Não é muito fácil encontrar casas assim em Portugal. São casas mais típicas das florestas americanas.
Acho que toda a gente sabe como é um circo por fora, mas obrigada por confirmares. Podias ter posto uma ou duas roulottes.
Acho que devias ter escolhido imagens mais abertas, mais gerais. Em algumas imagens apenas vemos alguns pormenores que não deixam ter a noção do que é, realmente, o espaço. Outras são, como eu disse, pouco adequadas. Btw, “estereotípico” é tão bom! Existe, mas no Brasil!

Nossa:

Nota: 11/20
Justificação: Foram os cenários que menos gostei. Achei-os todos muito pequenos, quase que minúsculos, e em televisão iam parecer ainda mais pequenos. A casa do Carlos e da Susana provavelmente é o melhorzinho, adoro as cores claras e leves... isso ia dar bastante protagonismo às personagens. A casa da Filipa parece do tamanho de um WC público. A sala de trabalho da Carolina é normal, nada a apontar. Da casa da Carolina gosto, adoro a decoração, algo enigmática até; perfeito para a personagem. A décor da família Rodrigues e Soares é péssimo... entendo que quisesses algo simples, mas está simples demais... vê-se logo que não é para televisão. A casa da Alice também má e é bastante pequena; entendo o que quiseste transparecer com o décor, mas podia ser um espaço mais amplo e com uma decoração mais cuidada. Quanto à mansão da família Lopes, adorei, é lindíssima! O décor do quarto de Lourenço e Margarida é igualmente bonito. Quanto ao quarto de Marco, sinceramente fiquei confuso... como é que ele é um adolescente de 27 anos? Eu tenho 21 anos e não me imagino num quarto tão acriançado... e aplica-se o mesmo à Inês. O Chalé da Patrícia e Renato também é bastante minúsculo... e o décor do Circo cumpre.

Nuno:

Nota: 12/20
Justificação: Acho que jogaste pelo seguro. Confesso que não gostei de muitas das tuas escolhas, mas pelas que eu gostei, acho que mereces um pouco mais que a metade dos pontos. Penso que muitos dos teus decors não são os indicados para um novela, precisam que um ar mais "novelesco", por exemplo o decor da família Lopes, eu sei que o decor é de uma novela brasileira, a novela "Cama de Gato", não tem nenhum o facto de teres tirado, até acho que fizeste muito bem. Este decor tem tudo o que um decor de uma novela precisa, acho que está ali muita história naquele decor, agora é assim acho que deverias de ter feito a mesma coisa para os outros decors... Só gostaria de retificar um erro da tua parte, o facto do Maro não ser um adolescente, ele tem 27 anos, acho que erraste neste ponto.

Samuel:
Decors e locais de gravação:
Galvão



Esta sala foi escolhida com base na sua dimensão e também pelo lado mais rústico da casa em si. É um espaço amplo no qual será possível mudar facilmente de perspetiva nas diferentes cenas dos Galvão. Este será o local onde Isabel e o pai passarão a maior parte do tempo até este viajar até à Suíça. Serão também aqui geradas algumas discussões entre os irmãos Galvão.



Aqui serão tomadas todas as refeições dos Galvão, num espaço aberto sobre a sala. Os apontamentos em vermelho dão vida aos compartimentos.



Este é o espaço de Isabel Galvão. Tal como ela, o seu ‘cantinho’ é acanhado e sem grandes cores vibrantes. É certo que segue a linha da sala, mas foi também pelo facto de se adequar à personalidade e condição física da Isabel que o escolhi. É aqui que passará grande parte dos dias, que chorará e que se sentirá sozinha quando o pai viajar.



Este é o quarto de Armando. Durante o cancro, será aqui que o patriarca permanecerá, sobretudo nos momentos de maior dor. Os filhos e familiares usarão o quarto para visitá-lo. Contudo, este deixará de ser usado em demasia depois do inesperado regresso de Armando, passando este a frequentar mais a sala e os restantes compartimentos.



O pequeno escritório de Armando fazia parte do seu dia-a-dia quando este exercia advocacia, mas depois da doença, serve apenas para meditar e para se sentir afastado da vida lá fora. É um compartimento simples, mas ainda assim moderno.



Por fim temos o local onde trabalharão Susete e os empregados. Apenas Susete tem uma certa importância na história, por isso a cozinha será mostrada quase sempre em cenas de “coscuvilhice” por parte dos funcionários. É uma cozinha em madeira, bem ao estilo do resto da mansão dos Galvão.

Família de Artur



Tal como a família, a casa comprada por Artur é mais clássica, mas ao mesmo tempo moderna. Esta sala, diferente da da mansão dos Galvão, vai ser o local de discórdia nos primeiros tempos. Apesar de Artur ocupar mais do seu tempo no escritório, a sala será também ela movimentada. O azul das paredes corresponde à personalidade melancólica de Débora e o castanho do teto ao mau feitio de Artur.



Mais uma vez, sala, cozinha e espaço de refeições no mesmo compartimento, o que impede a constante mudança de cenários de uma cena a outra. Cozinha e espaço de refeições atuais, mas tal como mencionado, com alguns elementos mais clássicos.



Este é o escritório onde Artur trabalhará e elaborará os seus planos. É um local sereno, onde o personagem se sente em “paz”. O azul-bebé da sala passou a azul-escuro no escritório.



Talvez o compartimento mais clássico da casa da família de Artur. Aqui temos o quarto do casal (Artur e Débora), um quarto sem grande cor, escolhido inteiramente por Débora, na altura levada pela depressão. Aliás, será neste quarto que Débora se sentirá mais sozinha, sobretudo nos momentos em que o marido a ignora.



Aqui viverão Magda e o filho adotivo. Mãe e filho passarão a maior parte do dia fechados no quarto, muito por conta da relação atribulada de Magda com o pai. O quarto de Luísa é semelhante ao de Magda, por isso não o coloquei.

Anabela



Como Artur vive com a família, é em casa de Anabela que os dois se encontram normalmente para discutir os planos e as decisões a tomar. Anabela vive independente numa moradia muito atual e cheia de personalidade. Esta sala é o cenário ideal para ‘acompanhar’ cenas de maior tensão.



A cozinha segue a linha da sala. Se Anabela ‘queria’ algo simples, prático e bonito, damos-lhe uma cozinha simples, prática e bonita, bem ao estilo da sala e do resto da casa.



O quarto da filha de Armando é virado para o exterior, cheio de claridade. Não será no entanto muito usado como pano de fundo.

Família de Fernanda



A casa de Fernanda não é tão requintada como as dos irmãos, mas também ela não dá tanta importância a luxarias. Os principais compartimentos têm alguns apontamentos em vermelho, tal como a mansão da família. Na verdade, Fernanda estará mais preocupada com o hostel do que com a própria casa e mantém-na assim bastante simples.



Tal como a sala e a cozinha, o quarto de Fernanda e João é bastante simples, ainda assim atual e moderno. O espaço será onde João tentará de tudo para conseguir o amor da esposa, porém em vão.



Já o quarto de Dinis tem mais cor, é maior do que o dos pais e ganha assim outra ‘vida’. O quarto foi-lhe cedido pelos pais quando estes que se sentiriam mais confortáveis no outro quarto. Dinis remodelou o espaço por completo. É lá que vai ter as suas primeiras experiências sexuais com homens, mulheres, e com os dois sexos ao mesmo tempo. No fundo, é um quarto com uma personalidade à sua medida.

Hostel



Esta é a entrada do hostel criado pela Fernanda e pelo seu amante Renato. É um espaço relativamente pequeno, onde aparecerá mais Andreia, rececionista do alojamento. Certos confrontos casuais com Renato poderão acontecer aqui.



Depois da entrada, um espaço onde os hóspedes poderão esperar até ser atendidos. Pode também ser utilizado como espaço de lazer, para leituras diárias, por exemplo.



É dos compartimentos mais importantes do hostel, onde se juntarão vários personagens ao mesmo tempo, incluindo figurantes (hóspedes). O espaço contém uma cozinha partilhada, um canto para refeições (que poderia ser eventualmente aumentado) e mais um espaço de lazer/descanso, composto por um sofá e duas cadeiras. Todo o hostel tem uma decoração simples, atual e alegre, que pode incitar os jovens a instalarem-se no mesmo.



Os quartos são também elementos relevantes num hostel. Os quartos deste primeiro hostel de Fernanda e Renato são todos como este, com ligeiras alterações cada um (como a cor das paredes, por exemplo), para criar uma certa diversidade. O número de camas por quarto pode variar entre 4 (como este) e 8.


Este espaço foi pensado para os mais descontraídos. A mesa pode ser substituída por uma mesa de bilhar e à volta podem ser instalados computadores ou outros jogos para livre utilização por parte dos hóspedes. É um espaço sem grande importância da novela, mas algumas cenas poderão ser filmadas aqui.

Amanda e Renato



Vivendo numa casa da família do marido, Amanda vai fazer dela o que quiser: alugar os quartos a estudantes universitários. Este compartimento é onde os hóspedes passam a maior parte do tempo e também onde Amanda fala com eles antes de passarem a viver lá. Optei por algo muito mais simples e low cost, contrastando com as casas dos núcleos mais ricos.



A cozinha será o local onde Amanda passará uma boa parte do tempo. Não é um espaço enorme, até porque a avó de Renato prefere preparar tudo sozinha, enquanto os hóspedes fazem o que bem lhes apetecer.



Os quartos são seis e todos relativamente parecidos: mobília simples e eficaz que impõe uma harmonia agradável.



Grandes momentos serão passados à mesa. Aliás, os grandes momentos de humor iniciais serão durante as refeições, durante as quais Amanda quererá saber um pouco mais acerca da vida de quem acolhe em sua casa. Para isso é preciso uma mesa de jantar ampla o suficiente, como esta. O espação não é sobrecarregado para não estragar o ambiente leve das cenas.

Catarina, Eliana e Carolina



As três amigas procuravam um apartamento barato, mas com as condições mínimas e foi isso que encontraram: um pequeno apartamento, mobilado de forma simples e pouco dispendiosa. Esta foto mostra o compartimento único que contém a cozinha, a sala de estar e um espaço para refeições, onde Catarina, Eliana e Carolina socializarão. É também aqui que as ideias mirabolantes das três se passarão, nomeadamente as explicações.



Mais uma vez, não quis sobrecarregar-vos com muitos quartos. Os três quartos do apartamento são parecidos, com mobília e decoração ligeiramente diferentes. De assinalar que são quartos mais virados para o sexo feminino, com um subtil toque de ‘realeza’, que também caracteriza as três amigas.

Família Cardoso



Os Cardoso têm um estatuto social relativamente baixo comparando com o dos Galvão. Ainda assim, é-lhes permitido ter um apartamento moderno e bem decorado. Sem extravagâncias, esta cozinha tem o essencial para uma família de quatro pessoas e uma disposição atual. A claridade é também um fator importante numa família caracterizada por tragédias.



A sala de estar vem na linha da cozinha: decoração simples, eficaz e moderna. As paredes em tijolo dão mais personalidade e conforto ao espaço.



Este é o quarto da Sónia e do Hélder, local onde acontecerá parte da violência tanto física como psicológica. É um compartimento algo natural, sem muita vida, que pode ser comparado com a relação entre os dois.



Mal vi este quarto, pensei logo nos irmãos André e Diogo. Para além das cores cativantes, que variam entre o azul e o vermelho, o quadro na parece diz muito sobre a forte ligação entre os dois. “Every brother is a superhero”. É isto que pensa Diogo, sobretudo depois do suicídio do irmão, mesmo à sua frente. É neste quarto que se passarão as cenas marcadas pela nostalgia de um filho/irmão perdido.
lvigario:

Nota: 18/20
Justificação: O décor da família Galvão está interessante, as cores estão bem articuladas, há uma predominância do vermelho e do castanho por toda a casa (que acredito que na vida real, é mesmo uma casa e todas as suas divisões). A casa da família do Artur parece-me o palacete dos Graysons de “Revenge”, gostei. A da Anabela e da Fernanda também me parecem bem, mais futuristas, mas interessantes. O hostel está muito ao género dos hostels portugueses, gostei. A da Amanda e do Renato, já não gostei tanto. De resto, parece-me bem.

Magy:

Nota: 14/20
Justificação: Eu gosto das salas (estar e jantar) dos Galvão, mas não sei se é uma decoração 100% adequada à família. É ma sala cheia de bom gosto, não tenho qualquer dúvida, mas combinará com a família? Por acaso acho o quarto da Isabel pouco adequado à sua condição física: pouco espaço de circulação, cama desnecessariamente enorme e decoração muito dura e fria. Também não me convenceste com as linhas direitas do quarto do Armando. Algo mais clássico ficaria melhor. Não, não, não… Cozinha demasiado americana e pouco tradicional. Acho que é um décor desnecessário.
Eu gosto da decoração da sala do Artur e, com um bocadinho de esforço mental, consigo ver a família dele a passarangonhar por lá. Acho aquela estante do escritório demasiado feminina e juvenil. Gosto do quarto do casal, mas não percebi porque a Magda e o filho dormem no mesmo quarto. Gosto das decorações dos dois quartos.
Adoro o dark da sala da Anabela. Aquelas escadas são maravilhosas. A cozinha da Anabela é desnecessária, no entanto gosto do quarto. Posso imaginá-la no pinaço com o irmão, naquela cama? Não sei, mas acho que umas sessões de incesto encaixam na perfeição.
Gosto bastante de todos os cenários da casa da Fernanda. Aquela sala é maravilhosa, era capaz de viver nela.
Acho todos os cenários do hostel são perfeitos, no entanto daria um toque mais pessoal aos quartos, algo mais acolhedor.
Acho a cozinha da Amanda perfeita, apesar de ser muito americana, já tem mais toques portugueses. Toda a casa da Amanda está cheia de bom gosto, à excepção da sala. Não gostei muito, é pouco familiar.
A sala das amigas está perfeita, é uma sala acolhedora, com vida. Acho que devias mostrar os quartos de cada uma. São as três diferentes, com personalidades diferentes… De certeza que teriam quartos diferentes e bem pessoais.
Gostei bastante do quarto dos irmãos Cardoso. Acho que se liga bastante bem a ambos. Eu dispensava a cozinha, não acho que seria uma divisão importante quando se tem uma sala bonita (que devia ser mais ampla).
Tens imenso bom gosto para decoração, no entanto acho que alguns décors não se adequam àquilo que eu imaginei para casa família/personagem.

Nossa:

Nota: 16/20
Justificação: Tens imensos décors... não sei se isso é bom ou mau. Por um lado, pode fazer com que o ritmo da novela seja abrandado, mas também pode torná-la mais dinâmica... tudo depende do trabalho de produção e pós-produção. A mansão dos Galvão é lindíssima, bastante rústica, moderna e luxuosa... mas, apesar de espaços maiores, existem alguns fatores que dificultarão o seu bom resultado em televisão. Ah, e adorei o quarto do Armando... bastante creepy, bem ao nível da história! Quanto à família do Artur, gosto bastante da decoração e cores utilizadas, mas os padrões utilizados no quarto da Magda podem não resultar em televisão... sei que é um pequeno pormenor, mas é um importante pormenor que se deve ter em conta quando se trabalha em televisão; mas adorei a sala e cozinha juntas, irá dar uma dinâmica bastante interessante ao espaço. Os décors da Anabela são interessantes... têm algo de mistério e de dark neles. No que concerne à família da Fernanda, não gostei assim muito e, dado o que referiste ao Dinis e dada a música escolhida para a personagem, estava à espera de um quarto mais excêntrico... fiquei algo confuso com tantas informações incoesas e de certa forma incoerentes. Quanto ao Hostel, acho-o lindíssimo e está bem ao estilo dum; estava à espera de algo bem mais tradicional e rústico, mas gostei desta junção algo contemporânea com o rústico. Já sobre os décors da Amanda e do Renato, aqui está um exemplo do que eu referi nos décors do Johnman: mostram a simplicidade mas com um certo cuidado na decoração. O apartamento da Catarina, da Eliana e da Carolina parece-me bastante pesado visualmente... acho-o bastante mau para televisão. Por fim, os cenários da família Cardoso agradam-me bastante, mas preocupa-me novamente os padrões presentes no quarto do André e do Diogo.

Nuno:

Nota: 16/20
Justificação: Acho que fizeste uma muito boa ligação entre os decors da família Gakvão, muito bom mesmo, adorei, parece mesmo muito real, o facto de haver uma harmonia entre as cores da casa e a casa está decorada uniformemente, acho que o decor parece mesmo real, mas pronto falta ali um toquezinho "novelesco". O que eu gosto mais é sem dúvida alguma a casa do Artur, gosto mesmo muito. As casas da Anabela e da Fernanda, acho que se adequam Às suas personalidades, por isso muito bem. O hostel, antes eu não sabia o que era um hostel, mas graças a ti fiquei a saber o é, fui pesquisar hosteis, e constatei que o teu hostel está muito real, gostei muito. Opa adorei os decors da casa da Amanda e do Renato, já imagino as conversas da Amanda naquela sala de jantar. Laughing Os restantes decors gostei, acho que cumprem, nada a apontar. Parabéns pelo teu trabalho!

Tabela das pontuações:



Volto de seguida com as pontuações finais da semana. Até já.
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 16029
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 6:05 pm
Não estava à espera de tanto. Boa clima! Very Happy
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 6:08 pm
Obrigado caro júri.

Magy, optei por uma casa de um piso pois estive a ler e achei que uma casa alentejana bastante típica com 2 pisos perdia o encanto.
Definistes muito bem o ambiente do escritório, é sinal que passei o que quis.
O trio podia ter um loft, mas é preciso ver que elas são pessoas precárias, não as podia a por a viver em algo que parecesse muito "caro". (andei a ver preços de casa na internet para ver o que podia utilizar).

Nossa, em detrimento do quarto, escolhi o alpendre por poder ter imagens mais exteriores.

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 6:15 pm
Estou de volta!

Vamos conhecer as pontuações finais desta semana!

Mas primeiro, fiquem a conhecer os resultados da votação do público:


(clica para veres melhor)

Pois é, empate! Confesso que fiquei chocado. Surprised

As pontuações desta semana:



Parabéns climatico!

A classificação desta semana:



E (re)parabéns... climatico!

Volto amanhã com o tema e o desafio da 7ª semana! Está se cada vez mais a aproximar o fim... Sad

Até lá, recarreguem as tintas e preparem os blocos!
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 3101
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 6:16 pm
climatico escreveu:Obrigado caro júri.

Magy, optei por uma casa de um piso pois estive a ler e achei que uma casa alentejana bastante típica com 2 pisos perdia o encanto.
Definistes muito bem o ambiente do escritório, é sinal que passei o que quis.
O trio podia ter um loft, mas é preciso ver que elas são pessoas precárias, não as podia a por a viver em algo que parecesse muito "caro". (andei a ver preços de casa na internet para ver o que podia utilizar).

Nossa, em detrimento do quarto, escolhi o alpendre por poder ter imagens mais exteriores.

E a mim não dizes nada Razz?
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 6:17 pm
E a mim? Razz
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

em Sab Out 18, 2014 6:18 pm
LOL...

Um empate... Que engraçado! Parabéns a nós!

Parabéns ao Samuel e ao Fabien! Very Happy


_________________
Conteúdo patrocinado

Re: Produção Exclusiva [6ª Semana]

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum