Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 6787
Data de inscrição : 14/11/2012
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:15 pm
Não entendo. Se o Johnman e o Samuel não querem padrinho, porque é que o Fabien é obrigado a ter um?

_________________
"Podes não mudar o mundo, mas podes morrer a tentar."
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:15 pm
Porque ele não me enviou uma MP ou não me disse nada sobre o assunto como os outros.
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 6787
Data de inscrição : 14/11/2012
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:17 pm
De qualquer forma, acho um pouco incoerente. Wink

_________________
"Podes não mudar o mundo, mas podes morrer a tentar."
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:18 pm
Porquê?
avatar
Nível 2
Sexo : Feminino
Mensagens : 20118
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 30
Localização : Hogwarts
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:18 pm
Se não mandou que sim ou não, não podes impingir.

Ainda que o Manulo tenha implorado, não cabe a ti decidir, Nuno.

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:19 pm
Pois isso é verdade. Então é melhor ele ficar sem padrinho.
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 6787
Data de inscrição : 14/11/2012
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:19 pm
Magy escreveu:Se não mandou que sim ou não, não podes impingir.

Ainda que o Manulo tenha implorado, não cabe a ti decidir, Nuno.

Exato...

_________________
"Podes não mudar o mundo, mas podes morrer a tentar."
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Ter Out 28, 2014 4:20 pm
Então fica assim:
Nuno escreveu:
Portanto como o Fabien não me enviou nenhuma MP com o padrinho (ou madrinha) que queria, eu próprio escolhi. Será o MANULO.

Ficámos assim:

climatico: Pipoca5

Fabien: Ninguém

Johnman: Ninguém

Samuel: Ninguém. Very Happy
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 2:59 am
Tratada a minha novela!!!

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 8:34 am
Sim, eu recebi. Embarassed
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 5:08 pm
Pronto, recebi os trabalhos de todos os concorrentes. Very Happy

Hoje às 19:00 - Postagem dos trabalhos dos concorrentes + Abertura da votação do público
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:05 pm
feliz WAITING feliz

_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:05 pm
Hello!



Recapitulando, o tema é:



Nesta semana, tiveram de escolher o nome e de fazer o logo; assim como a restrospectiva da vossa novela.

De 5 em 5 minutos, vou postando os trabalhos dos concorrentes.

Aqui vai o primeiro:


climatico:

Desafio semanal:
As Voltas da Vida



"As Voltas da Vida". Quantas voltas dão os ponteiros do relógio sem sair do sítio? Quantas voltas ao mundo podem ser dadas sem nunca dele sair?
A vida é só uma e todos temos a nossa oportunidade de a viver. É certo, contudo, que ela está todos os dias, todas as horas em movimento, sem sair do sítio nós nunca estamos parados. Não é verdade?
Aqui todas as personagens têm uma vida, todas a vão viver intensamente. Em Redondo ou em Lisboa vamos assistir a cada passo de uma personagem distinta. Durante a novela vamos poder ver as voltas que cada uma destas pessoas dará para enfrentar o dia a dia. Margarida só se quer casar, mas matou um homem e isso mudará a sua vida. Carlos é padre, mas vai assumir-se como homossexual e isso mudará a sua vida. Patrícia e Laura fogem de perto dos pais e querem concretizar os seus sonhos e isso mudará as suas vidas.
Nunca uma vida está parada e nunca ela deixa de dar voltas. Por isso esta novela significará, também para si, uma volta na sua vida!

Retrospectiva:
Os Núcleos:
Núcleo Quinta da Patrícia – Casa

Sinopse: Na família Monteiro Marques, o patriarca, Manuel, junto com a sua esposa Cecília, educam os seus filhos para conseguirem ser alguém na vida, mas no dia de casamento de Margarida, uma das filhas, tudo é alterado, e Manuel e Cecília percebem finalmente o que eles desejavam para os filhos não vai acontecer. Margarida, desde esse dia vive obcecada por poder vingar-se do irmão, por este tê-la feito passado a maior vergonha perante toda a vila. Margarida irá contar aos pais que Carlos é homossexual, o que revolta ainda mais Manuel que segue a doutrina de Salazar.
Carlos, ao assumir a sua condição, irá mudar-se para casa de António, amigo de Manuel. Manuel corta relações com António, que tentará mostrar ao amigo que ele está errado. João, o militar, estava decidido a contar a relação que mantém com duas raparigas, mas depois de ver a sua família desmoronar-se, opta por manter-se calado, tentando apoiar o pai. Contudo, compreende o irmão, o que leva a chocar com Margarida, que vê em João outro alvo a abater.
Quem se une a Margarida é Tomás, o ex-noivo, que só pensando no dinheiro é capaz de tudo, até matar a própria família e envolver-se com Carlos para conseguir ficar com a Quinta da Patrícia. Laura, foge para Lisboa sem que os pais saibam, levando Manuel a dizer que: “Filha só tenho uma, é a Margarida”. Por outro lado, Cecília, embora do lado do marido (duas vezes “lado” muito próximo, podia ser “embora apoie o marido” ou então substituir “por outro lado” por outra coisa) coloca um detective a seguir os passos da filha.
Núcleo Quinta da Patrícia – Hotel

Sinopse: No Hotel Rural Quinta da Patrícia, Alexandre Folgado passa os dias a inventar mil e uma formas de trazer clientes para o Hotel, com promoções, ofertas e presença nos órgãos de comunicação social. Como bom diretor, ajuda em tudo e está sempre a chamar à atenção a Albertina por todos os seus percalços. Não consegue é disfarçar o desconforto que tem por Custódia e Conceição que, embora façam o seu trabalho, são um pouco calaceiras e nos dias de menor afluência tenta sempre dar-lhes algum trabalho extra. Estas, percebendo isso, e depois de fazer vudu com Albertina, irão usar a mesma táctica com o diretor, que vai passar por algumas situações caricatas. Contudo, ao descobrir o porquê destas situações, através do alegre e trabalhador cozinheiro, Marco Costa, vai, com ele, criar um plano para as manter ocupadas durante todo o tempo.
Albertina, a desastrada de serviço, irá partir muitos copos mas, além disso, tentará sempre dar o seu melhor ao Hotel, agradecendo assim o apoio do diretor. Irá descobrir que as irmãs metralha praticam vudu contra ela e que ambas andam de funeral em funeral a angariar algum dinheiro extra para pequenas cirurgias plásticas, o que trará um trunfo para Albertina que o saberá usar a seu favor para que a sogra não a atrapalhe na hora de tentar ter um filho com o seu mais que tudo Porfírio.
Quem está sempre no Hotel é Margarida que pretende ficar a tomar conta desta unidade hoteleira, no lugar do diretor Alexandre. Para isso irá tentar convencer o pai, Manuel, que está mais do que preparada para assumir o comando do Hotel, coisa que o pai não quer, por confiar plenamente em Alexandre. Não convencida, Margarida irá sabotar alguns eventos no hotel, irá pedir a amigos que façam algumas reclamações, para assim o pai perceber que algo vai mal. Contudo, eficiente, Alexandre, com a ajuda de Marco, vai conseguindo livrar-se das acusações.
Núcleo Lisboa

Sinopse: Laura e Patrícia vêm para Lisboa à procura de realizar os seus sonhos, mas na capital irão seguir caminhos diferentes. Laura quer estudar designer e trabalhar a desenhar modelos de vestidos. Patrícia quer subir na vida a todo o custo e não olha a meios para atingir o fim, acabando na vida da prostituição, que lhe trará muito dinheiro.
Quando chegam a Lisboa, as amigas passam nos Pasteis de Belém. Aí conhecem André, um jovem desportista por quem Laura fica encantada. Mais tarde, os dois acabam por se cruzar enquanto fazem uma corrida no Parque das Nações e André decide abordar Laura, iniciando aí uma conquista pela filha mais nova dos Monteiro Marques, que não será vista com bons olhos na vila pelos pais dela, já que tinham sonhado para ela um pretendente com mais estudos. O amor de Laura e André terá ainda outro contratempo, Margarida, a irmã mais velha que não quer que Laura se case primeiro que ela, acabando por estragar o vestido de noiva no dia anterior ao casamento de Laura.
João conhece Sandra numa manifestação. Os dois acabam por se envolver, primeiro de forma física, pois ambos não se sentem preparados para assumir uma relação. Mas João, cada vez mais, passa tempo em casa de Sandra, acabando por conhecer a amiga Inês. Numa noite de trabalho de Sandra, Inês e João acabam por se envolver. No dia seguinte nenhum dos dois sabe o que fazer, se devem ou não contar a Sandra. Mas Sandra, num dia, diz a João que quer
fazer um menáge à trois e que até já encontrou a pessoa indicada: a Inês. Surpreendido, os dois têm que ganhar coragem para falar com Inês e propor este “negócio”. A partir daí, em que acontece esta relação a três, João confessa a Sandra que já se envolveu com Inês, e na manhã seguinte é Inês que conta à amiga o que aconteceu. Apesar de Sandra ficar triste e de sair de casa, volta à noite, e conversam com calma, decidindo assumir uma relação a três. Mas nem tudo é um mar de rosas, pois ninguém sabe como será a reação das famílias, sociedade, trabalho.
Núcleo Vila

Sinopse: Na pacata vila de Redondo, no Distrito de Évora, vive a Família Monteiro, que é liderada por Constança. Ela é mãe de Urbano, casado com Esperança, e de Porfírio, que está junto com Albertina. Constança tenta a todo o custo que Albertina e Porfírio se separem e tenta arranjar o casamento deste com a tímida Mariazinha, até ao dia em que descobre que esta solteirona é uma mulher que satisfaz as fantasias sexuais mais estranhas dos homens da região. A partir daí Constança, Conceição e Custódia irão infernizar a vida de Mariazinha.
A mulher de Urbano, Esperança, que é muito apreciada pela sogra, e amiga de Mariana, vê a sua vida alterar-se quando Constança descobre que ela não quer ser mãe. Com o fecho do Tribunal de Redondo, onde o marido trabalha, irá começar a lutar pelos direitos do povo e, para isso acaba candidata à presidência da Câmara. Do outro lado, estará o atual presidente, que terá o apoio da sogra, já que esta irá tentar, através de estratagemas políticos, não deixar a nora entrar neste mundo, dedicando-se apenas à família. Já Urbano, apoiará a mulher nesta luta, mas com o fecho do Tribunal irá acabar por ter que ir trabalhar para Évora, onde passará
a semana e, ausente, não acreditará no que a mãe faz a Esperança. Esta terá assim de lutar para conseguir manter o casamento e singrar na vida política.
No dia da despedida de solteiro de Margarida, Simão, um jovem, ex-namorado de Mariana, aparece na vila para tentar reatar o namoro com ela. Mariana, contudo, mostrar-se-á sempre irredutível. Os dois discutem e, de forma a salvar a amiga, Margarida acaba por o matar. Com o seu sangue frio, ela e Mariana, irão enterrar o corpo, jurando que nada nem ninguém irá saber do sucedido. Mariana a partir desse dia sofre com o que fez e, ao saber que a amiga quer fazer o irmão, Carlos, fica ainda mais transtornada, querendo contar tudo à polícia,. Como Margarida não aceita, Mariana acaba morta para não poder interferir nos planos de Margarida.
Núcleo António

Sinopse: Na casa de António e da esposa Lurdes, vive o filho José e a filha Patrícia, que sempre desprezou Lurdes por ser uma dona de casa dependente do marido. Mas com a partida de Patrícia para Lisboa alguns pilares da casa tremerão. No dia do casamento de Margarida, Carlos também se liberta do hábito de padre e assume a sua homossexualidade. Escorraçado de casa pelo pai, Manuel, é António que lhe dá guarida. Aqui a amizade antiga dos dois ficará abalada e o objectivo de António passa por mostrar a Manuel que o facto de Carlos ser homossexual é algo natural e não uma doença. Nesta fase, também Carlos passa por alguns conflitos interiores, mas aqui terá o apoio de José, filho de António, que será um pilar na vida de Carlos, e com quem se acabará por envolver.
Lurdes sofre, em casa, com a partida da filha para Lisboa. Mas está sempre ao lado dela para a apoiar. Lurdes sofre ainda de uma crise de meia-idade, quando se dá conta de que já não gosta do marido, António. A partir daqui, Constança, que sempre foi apaixonada por António, tentará separá-los, mas tudo o que fará só tornará a relação de Lurdes e António mais forte e cheia de amor. Por outro lado, a mulher de António irá sempre amparar Carlos e a sua relação com o seu filho José, apesar desta relação ter que passar por toda uma vila com mentalidade fechada.

personagens:
Núcleo Quinta da Patrícia - Casa
Manuel Joaquim Monteiro Marques – (Alexandre de Sousa)

Patriarca da família Marques, é bastante tradicional, religioso e rígido. Ama os filhos e educou-os sempre pelas leis de Deus. Apoia, ainda hoje, o conceito de família do Estado Novo, de Salazar, de quem tem uma fotografia na sala da sua quinta.
Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques – (Cristina Homem de Mello)

Matriarca da família Marques, casou-se com Manuel bastante jovem, mas sente-se sortuda por ter-se casado por amor. Tem, com Manuel, quatro filhos (Margarida, Laura, Carlos e João). Sempre foi dona de casa e respeita muito o seu marido, apesar de nunca se deixar rebaixar por ele, que a vê como uma grande conselheira.
Margarida Marques – (Joana Solnado)

Tem 29 anos e é uma jovem pragmática, bastante rígida, tal como manda a sua educação. O seu maior desejo é casar-se, ter uma família e poder continuar o trabalho do seu pai na “Quinta da Patrícia”. Tirou o curso de Turismo com pós-graduação em Enoturismo. Mas a sua festa de despedida de solteira irá alterar as suas ideias.
Carlos Marques – (Nuno Janeiro)

Estudou para ser padre indo contra a vontade dos país de que ficasse à frente da quinta, por ser o irmão homem mais velho. Aos 25 anos, Carlos é um rapaz tímido, que respeita o pai e a mãe, mas que não consegue esconder o seu olhar infeliz de ninguém. Durante anos viveu na sombra de todos, mas a sua vida vai dar uma volta enorme ao assumir o que o que é de verdade.
João Marques – (Lourenço Ortigão)

É o mais novo dos irmãos, com 22 anos. Decidiu abraçar a carreira militar, pois sempre ouvia emocionado e atento as histórias que o pai contava das Guerra Coloniais. Vive em Lisboa com as namoradas, que não apresenta aos pais por saber que não iriam aceitar o tipo de relacionamento que tem.
Tomás Alves – (Rui Santos)

Tem 31 anos, é noivo de Margarida e também tem o curso de Turismo. Nunca apresentou a sua família à sua noiva e evita falar do seu passado. Vê no seu casamento uma oportunidade para vencer na vida. Ao saber que Carlos está apaixonado por ele vê que pode ter muito à ganhar com essa paixão.
Laura Marques – (Sara Matos)

Irmã de Margarida, tem 27 anos e adorava ser designer de moda, mas o pai não aprova a sua escolha. Revoltada, começou a juntar dinheiro com trabalhos que vai fazendo pela vila com o objetivo de ir para Lisboa viver para lutar pelo seu sonho.

Núcleo Quinta da Patrícia – Hotel
Albertina Pereira – (Joana Santos)

Nora de Constança, tem uma relação estável com Porfírio, apesar de, por opção dos dois, nunca se terem casado. Tem 33 anos e é servente de mesa no Hotel da vila e muito desastrada, não há dia em que não parta um prato, um copo. Por causa da sogra, que não simpatiza com ela, não consegue engravidar, uma vez que ela está sempre metida em casa, levando o marido a situações extremas para poderem fazer amor.
Custódia Costa – (Margarida Carpinteiro)

Viúva e beata da vila é camareira no Hotel da vila e tem um pacto com Conceição. O objectivo é ir a funerais de pessoas ricas e, com a sua inteligência e perspicácia, conseguir ganhar algum dinheiro. Sempre vestida de preto, vai a todos os funerais, da zona, que puder, para saber quem morreu, tentando passar-se por amiga ou familiar de forma a conseguir tirar algum dinheiro para pagar as despesas com as cirurgias plásticas que realiza.
Conceição Oliveira – (Maria do Céu Guerra)

“Sãozinha”, como é conhecida por todos, é amiga de Custódia e trabalha com ela no Hotel. É um “ás” em informática, usando isso a seu favor para dar os pequenos golpes nos velhotes dos arredores e para estar a par das últimas novidades das cirurgias estéticas. Tem sempre botóx em casa, não lidando bem com a velhice.
Alexandre Folgado – (Paulo Rocha)

Tem 34 anos e é casado, mas para aceitar este cargo teve que deixar a mulher e a filha pequena em Coimbra. É muito competente e está sempre a salvar a vida à desastrada de Albertina. Porque no Hotel é preciso uma grande entreajuda, está sempre na recepção, a fazer check-in, ou no restaurante a servir. Gosta de ajudar todos, mas não deixa que brinquem com ele, sendo um óptimo diretor, em quem António confia de olhos fechados.
Marco Costa – (Diogo Amaral)

Tem 35 anos, é casado com uma professora que está a dar aulas a 350 km de casa. Cuida dos filhos gémeos que tem sozinho. É um excelente cozinheiro, apesar de ter um curso de maitre de restaurante. Vai ser responsável por concorrer a diferentes concursos de gastronomia a nível nacional sempre pensando no prestígio do Hotel e nunca individualmente.

Núcleo Lisboa
Patrícia Vaz Pinto – (Laura Figueiredo)

Filha de António, é o contrário do pai. Ambiciosa e prática, não olha a meios para atingir os fins. Amiga de Laura, desde cedo, aproveita o facto da amiga ir para Lisboa e foge de casa, também. Em Lisboa leva uma vida dupla, cheia de intrigas.
Jorge Fernandes – (Tiago Barroso)

Gago, é um jornalista ingénuo e bastante singelo, que não vê maldade em ninguém. Amigo de Patrícia (núcleo de vilões), com as informações dela, consegue muitos furos jornalísticos. A ideia dele era trabalhar num jornal de Economia, mas no dia da entrevista enganou-se no botão do elevador e acabou na secção da revista cor-de-rosa, onde permanece até hoje. Escreve bastante bem apesar do seu ar caixa de óculos e de ninguém acreditar que possa ser bem-sucedido.
Inês Silva – (Mafalda Luís de Castro)

Veio de Viseu para se licenciar em Engenharia Nuclear. Tenta a todo o custo arranjar algum emprego na sua área, mas como não consegue vai dando aulas particulares. Está sempre a ir ao Centro de Emprego a algumas formações e arranja alguns part-times em lojas e supermercados, que é com o que consegue pagar a casa e outros gastos. Não gosta de luxos e é muito crítica do atual estado do país. Vive com Sandra e conhece João através da amiga.
Sandra Rodrigues – (Marta Andrino)

Namorada de João, vive com Inês, com quem se dá muito bem. É bastante crítica do estado atual do país, e por isso participa ativamente em manifestações que é onde conhece João. Vive em Lisboa desde o tempo de Universidade, onde tirou o curso de Direito, mas, tal como a amiga, não consegue arranjar emprego na área, o que a leva a numa empresa de Táxis, à noite.
André Calisto – (Pedro Carvalho)

Trabalha em Belém, no Café dos Pastéis de Belém. Tem 23 anos, é bastante humilde e desportista. Apesar de não querer seguir o ensino superior, nunca quis que os pais o sustentassem e, por isso, sempre se foi desenrascando com vários empregos. Conhece Laura quando ela vai com Patrícia ao café, mas só fala com ela algum tempo depois, no Parque das Nações.

Núcleo Vila
Porfírio Monteiro – (Diogo Morgado)

Filho de Constança, adora a mãe e sempre foi muito mimado. Optou por não se casar com Albertina, com quem quer ter um filho e por quem passa a vida a meter-se em sarilhos. É informático, e o seu porte atlético leva muitas mulheres à loja, que passam a vida a levar o seu computador para arranjar. Ingénuo, nunca entendeu porque tantos computadores estragam-se em pouco tempo, mas não passa cartão a nenhuma mulher.
Urbano Monteiro – (Martinho Silva)

Filho de Constança, é mais novo que o irmão, mas tão mimado como ele pela mãe. Para não gastar dinheiro em rendas, vive com a mulher em casa de Constança. Trabalha no tribunal de Redondo, mas sabe que irá mudar a sua vida pois o tribunal de Redondo irá fechar.
Esperança Monteiro – (Soraia Chaves)

Mulher de Urbano, a sogra adora-a, até descobrir que Esperança não quer ser mãe. Esperança é uma mulher muito inteligente, mas cedo saiu da escola pois teve que ficar em casa a cuidar dos irmãos. Por não ter oportunidade de estudar sente que é menos que os outros, embora esteja sempre atenta às notícias e saiba falar de qualquer assunto. É uma acérrima defensora dos direitos do povo e enfrentará o actual presidente da Câmara nas eleições.
Mariana Matos – (Daniela Ruah)

Amiga de Margarida, sabe que Margarida matou Simão e de todos os planos de Margarida para fazer o irmão, Carlos, pagar pelo que fez. Bastante alegre e cheia de vida, não corrobora com os planos da amiga e irá ameaçar contar a todos o que Margarida pretende, por isso acabará morta e enterrada ao lado de Simão.
Constança Maria Afonso Monteiro – (Alexandra Lencastre)

Irmã de Cecília e apaixonada por António Pinto, é viúva e uma mulher muito devota, a típica beata que passa todo o seu tempo na igreja. Teve dois filhos: Urbano, que casou com Albertina, e Porfírio, que mantém uma relação estável com Esperança, mas nunca se casou para desespero da mãe.
Mariazinha – (Maya Booth)

Tem 36 anos e é solteira. Amiga de Constança, que tenta fazer que se case com Porfírio, sem sucesso. É a típica solteirona, tímida que não consegue conquistar nenhum homem, sendo desprezada por toda a família. Contudo, o que ninguém sabe é que por debaixo daquela capa de mulher tímida está uma mulher que pratica todas as fantasias sexuais dos homens da região.

Núcleo António
António Pinto – (António Capelo)

É amigo de Manuel desde o tempo da Escola Primária. Cresceram juntos, mas têm personalidades completamente opostas. António é alegre, aceita as mudanças da sociedade e vive com a sua mulher e os dois filhos. Todos pensam que ele tem uma família unida e estruturada, mas o tempo mostra que todos têm um lado negro.
Lurdes Pinto – (Maria José Paschoal)

Mulher de António e dona de casa, vive dependente do marido. Sempre viveu para os filhos e para a casa, a sua educação assim a educou. Mas agora, com 54 anos, coloca em causa toda uma vida, não entendendo os seus sentimentos em relação ao marido, e percebendo que não desfrutou da vida como realmente queria. É uma mulher bastante humilde, cordial e inocente.
José Pinto – (Isaac Alfaiate)

Filho de António, tem 23 anos e é bastante humilde. Tem o curso de enfermagem e conseguiu arranjar emprego no centro de saúde local, fazendo algumas horas. Bastante instruído, teve, durante a universidade, algumas relações onde percebeu que gostava de homens. Apesar de nunca se ter envolvido verdadeiramente com ninguém, percebe Carlos, que ajuda nesta fase de aceitação, e acaba por se apaixonar por ele.

Actores Convidados
Simão - Morto no primeiro episódio, ex-namorado de Mariana – Mateus Solano

Simão foi namorado de Mariana quando ela esteve na Universidade no Brasil. Veio para Portugal por causa dela e segue-a por todos os lugares. É morto por Margarida, para defender a amiga. Contudo, Simão só se queria despedir de Mariana e que iria voltar para o Brasil.
Liliana – Uma das viúvas enganadas por Conceição e Constança – Sofia Sá da Bandeira

Uma das viúvas que as Irmãs Metralhas vão enganar. Contudo ainda conseguirá impedi-las de lhe tirar o dinheiro que ela também penou a ganhar, casando-se com um homem velho e milionário.
Nina – Médica que venderá o botox as “irmãs Metralhas” - Ana Guiomar

Será a "traficante" de botóx para as Irmãs Metralhas. Irá ajuda-las para ganhar algum dinheiro que permite que tenha uma vida luxuosa.
Joana Alves – Mãe de Tomás, que morre queimada, aparece em flashback - Dalila Carmo


Participações Especiais
Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha

A dupla de apresentadores irá passar por Redondo para apresentar um programa de televisão. Ficarão hospedados no Hotel Rural e sofrerão com as "cusquises" das Irmãs Metralhas e também com a destrambelhada de Albertina.
Pedro Pinto

Jornalista famoso vai passar férias a Redondo, mas não se consegue ver livre dos trabalhadores do Hotel, que o vão usar para tentar arranjar publicidade gratuita para o Hotel.
Nelly Furtado

Cantora internacionalmente conhecida, vai-se hospedar no hotel, mas não quer que ninguém saiba. Contudo o que parece uma paz depressa se transforma por um lugar onde os paparazzi estarão presentes. Tudo por culpa das Irmãs Metralhas.

Banda Sonora:


https://www.dropbox.com/sh/92e77u9swiehk83/AAD9DEdlhLOdr1LGgXU-yAQQa?dl=0

(Deixo aqui as músicas da minha BSO, para a novela da Produção Exclusiva. Se alguém quiser Very Happy)

Décors:


No Alentejo, as casas são térreas e caiadas de branco com uma pequena lista azul na parte de baixo. A Quinta “Casa da Patrícia” é a propriedade da família Monteiro Marques. Será nela que passarão muitas das cenas principais das personagens protagonistas. A escolha da casa prende-se por ser uma família com posses. Os Monteiro Marques herdaram a casa dos seus antepassados, reformando-a e adaptando-a aos nossos dias, mas sempre com um toque alentejano e muito tradicional. A casa é composta por 6 quartos, um cozinha, uma sala de estar e de jantar, 4 casas de banho e um escritório.

Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, João Marques, António Pinto, Tomás Alves, Laura Marques.



Dentro da típica casa alentejana teremos uma Sala de Jantar, onde se realização as grandes reuniões da família Monteiro Marques, bem como a sala de estar com a grande lareira, à Alentejo, com decoração típica de uma casa desta região portuguesa.. Nestas duas divisões: discussões, confirmações, segredos, tudo passará por um dos principais decórs da novela.
Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, João Marques, António Pinto, Tomás Alves, Laura Marques.



Neste escritório, na Casa da Patrícia vão acontecer as grandes conversas da novela. Manuel Joaquim é quem mais usa esta divisão. Tem aqui as suas memórias. Aqui se refugia, junto do quadro de Salazar. É aqui que António e Manuel conversam, e também onde Manuel chora, desespera, coisa que não faz a frente de mais ninguém.
Fazem parte: Manuel Joaquim Monteiro Marques, Cecília de Jesus Afonso Monteiro Marques, Margarida Marques, Carlos Marques, António Pinto.



Fazem Parte: Margarida Marques, Albertina Pereira, Custódia Costa, Conceição Oliveira , Alexandre Folgado .
Um antigo Convento do século XIX transformado em Hotel Rural, na vila de Redondo. Todos se juntam na Recepção, na Cozinha, no Restaurante do Hotel e passam por lá as mais diversas situações. Toda a estrutura do Hotel contempla uma decoração que mescla o moderno com vários apontamentos do edifício original.



Fazem Parte: Laura Marques, Patrícia Vaz Pinto, Jorge Fernandes, João Marques, Inês Silva, Sandra Rodrigues, André Calisto
Um bairro típico português, Alfama, vai contar as histórias do núcleo de Lisboa. Laura e Patrícia, João, Inês e Sandra moram neste bairro. Pelas ruas e escadarias de Alfama, as histórias de amor de Laura e André ficarão guardadas. E os becos esconderão os segredos de Patrícia.



Fazem Parte: Laura Marques, Patrícia Vaz Pinto, Jorge Fernandes, André Calisto
Laura e Patrícia alugam um T2 em Alfama. Um apartamento remodelado, cheio de luz e cor. Esse apartamento mostra alegria, paz, animação, tudo decorado pela futura designer: Laura, que está a começar a sua viagem nesta vida.



Fazem Parte: Laura Marques, João Marques, Inês Silva, Sandra Rodrigues
A casa das ex-universitárias Inês e Sandra é um pequeno T2, remodelado na zona de Alfama. É aqui que as amigas vão "partilhar" João. Todas as peripécias deste casal serão testemunhadas por esta casa. A Cozinha e a sala estão juntas, e  é aqui que se passarão a maioria das cenas.



A Vila de Redondo foi a localidade escolhida para os cenários exteriores da vila alentejana. É uma vila muito antiga, com vários anos de história para contar, tal como as personagens que compõem esta novela. Todas as personagens passarão, pelo menos uma vez na vila, ponto central da história.
Fazem Parte: Custódia Costa, Conceição Oliveira, Porfírio Monteiro, Urbano Monteiro, Esperança Monteiro, Mariana Matos, Constança Maria Afonso Monteiro, Mariazinha



A Casa de António Pinto é outra casa tipicamente alentejana. Bastante simples. Além da área exterior, que trarão grandes conversas, por exemplo, entre António e Carlos, também o alpendre nos darão grandes momentos do entardecer alentejano. Mas ainda nesta casa a lareira da sala será outros dos cenários da novela que trará alguns dos momentos mais românticos entre José e Carlos.
Fazem parte: António Pinto, Lurdes Pinto, José Pinto, Patrícia Vaz Pinto, Constança Maria Afonso Monteiro, Carlos Marques

Até já!
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 11446
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 30
Localização : Estarreja
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:10 pm
VEM AI...


_________________
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:11 pm
O segundo:

Fabien:

Desafio semanal:
Saber Viver



Todas as personagens da minha novela têm uma história e têm de aprender com elas a serem pessoas melhores a encarar a vida de uma outra forma. Eu considero que é importante sabermos o que é realmente a vida, pois as minhas personagens passam por um retrato completo da sociedade portuguesa. Elas têm de aprender a Saber Viver, aliás todos nós. Por exemplo, o Tiago vai aprender a encarar a vida de uma outra forma com a mudança de sexo, a sua avó tem SIDA e vai aprender a viver com a doença, a Luísa vai aprender a lidar com os problemas familiares. Ou seja, cada personagem vai pôr em prática esta aprendizagem e vão conseguir Saber Viver.

Retrospectiva:
Saber Viver



Sinopse

1970 – Nas belas planícies e paisagens idílicas de Castro Verde nasce a típica família portuguesa, muita dada às tradições e origens. Filomena Durão Castro é uma mulher muito ligada à família e à religião católica, o que faz dela uma mulher conservadora. José Durão Castro é marido de Filomena. É um homem com muito respeito e é muito dado ao campo. Sem emprego, o casal decide apostar no artesanato e começam a produzir peças com muita beleza. Ambos decidem construir uma empresa onde possam vender as suas obras. Com o decorrer do tempo, Filomena e José, têm uma filha, Luísa Durão Castro, que adora a família e adora trabalhar no artesanato, tal como os pais. Passado algum tempo, José morre devido a um enfarte do miocárdio e Filomena vê-se obrigada a educar, sozinha, a filha. Mas, ela sempre foi uma mulher de pulso firme e vai levantar o bom nome da família.

2014 – Nos tempos modernos, Castro Verde não perdeu as suas tradições. No centro da vila está a mansão da família mais rica da região, a família Durão Castro. Luísa Durão Castro é, neste momento, a matriarca da família e dona da empresa de Artesanato, ArtiCultura, que já conta com muitos trabalhadores e produz tapeçarias, móveis, sabonetes, entre muitas outras peças para todo o país. Tudo o que Luísa aprendeu deve-o à sua mãe Filomena. Esconde um grande segredo que só ela sabe (sofreu de abuso sexual por parte do pai), o que faz dela uma mulher fria, amargurada e sem escrúpulos. Gustavo Castro é marido de Luísa. O seu ar pacato faz dele um homem sério e um excelente marido, mas as suas origens fazem dele um homem conservador. Filomena Durão Castro vive com a filha e está muito doente. Sofre de uma doença prolongada, a SIDA. Tiago Durão Castro é o mais novo da família, é filho adotivo de Luísa e Gustavo, desde os 4 anos. Ele sempre soube que não é filho biológico do casal, mas adora a sua família e não esconde o grande amor que sente por ela. Adora a sua avó e é ela que lhe dá grandes conselhos de vida. Tiago vive aprisionado, pois é controlado 24 horas por dia pelos pais. Ele descobre a verdadeira pessoa que há dentro dele, por isso quer mudar de sexo, mas conta, apenas, com a ajuda da avó e as contrariedades dos pais. É uma luta que tem de vencer e vai fazer de tudo para que o seu sonho se concretize.

Banda Sonora:

1. Trago Alentejo na Voz (António Zambujo)

2. Desfado (Ana Moura)

3. Seja Agora (Deolinda)

4. Morena (Tiago Bettencourt)

5. A nossa casa (Amor Electro)

6. Problema de Expressão (Clã)

7. Voámos em Contramão (Pedro Abrunhosa)

8. Hurricane (Mastiksoul feat. David Anthony e Taylor Jones)

9. Dizer que sim à vida (Rua da Saudade – Luanda Cozetti)

10. Stay With Me (Sam Smith)

11. Vida (Ricky Martin)

12. Donne-moi (Dany Brillant)

13. Ó gente da minha terra (Marisa)

Até já!
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:15 pm
O terceiro:

Johnman:

Desafio semanal:
“DOENTE PULSAÇÃO”



Nomes provisórios: “O Fim do Mundo”, “Oliveira sem Raíz”

Origem do nome: O título da novela deriva do facto que todas ou quase todas as personagens são doentes de alguma forma, seja físicamente, psicológicamente ou de saúde, mas em maior parte psicológicamente.

Retrospectiva:
“DOENTE PULSAÇÃO”



Nomes provisórios: “O Fim do Mundo”, “Oliveira sem Raíz”

Origem do nome: O título da novela deriva do facto que todas ou quase todas as personagens são doentes de alguma forma, seja físicamente, psicológicamente ou de saúde, mas em maior parte psicológicamente.

NÚCLEO PRINCIPAL
Carlos (Marco D’Almeida) e Dália Oliveira (Beatriz Batarda) eram vistos como o casal perfeito desde o momento em que começaram a namorar, à 20 anos atrás. Mas nunca o foram. E se o foram, deixaram de ser no momento em que consultaram um médico e ele lhes disse que Dália era infértil. Adotaram uma criança de 3 anos, a quem deram o nome de Susana (Joana Ribeiro), mas simplesmente não era a mesma coisa e Dália estava obcecada com isso mesmo. Com o passar dos anos, Dália deteriorava mentalmente, e com grande influência de Carolina (Lúcia Moniz), uma vingativa psicóloga que nunca se esqueceu de como Carlos a violou sob influência de álcool, pôs termo à sua vida. Carlos fica sem chão, mas essa não é a única desgraça que lhe acontece – também é despedido do trabalho por má conduta, e a sua família chegada, incluíndo a sua irmã Alice (Sara Barros Leitão), o seu tio Lourenço (Sinde Filipe), e até a sua filha adotiva viram-se todos contra ele. Susana cresceu para se tornar numa linda e firme mulher, que namora nas costas dos pais adotivos com Paulo Rodrigues (João Catarré), um homem mais de 10 anos mais velho do que ela. A verdade é que Paulo é pedófilo, e que Susana é apenas um engenho para ele esconder da família as suas verdadeiras atividades. Será Xavier (João Jesus), o introvertido irmão mais novo de Paulo, que irá desvendar tal segredo colossal, isto graças à encomenda que lhe foi feita por Carlos de espiar Susana [o que origina uma guerra entre os dois, pela confiança tanto de Susana, como da mãe deles, Graça (Irene Cruz)]. Mas esse não é o único esquema que Carlos tem na manga. Completamente fora de si, o louco homem planeia recuperar tudo aquilo que perdeu, à força se for preciso, recorrendo a todas e mais alguma ideias paranóicas para ter a sua velha vida de volta. No entretanto, será seduzido com más intenções por Carolina, e também supervisionado e futuramente apoiado pela animada psicóloga Filipa (Sofia Alves).

Marco D’Almeida no papel de Carlos Oliveira (45 anos)

O homem que tudo tinha e tudo perdeu. A morte da sua mulher, e as outras desgraças que lhe acontecem, vão conduzí-lo á insanidade e à necessidade de recuperar tudo o que tinha, nem que seja à custa do esquema mais letal possível.

Joana Ribeiro no papel de Susana Oliveira (23 anos)

A filha adotiva de Carlos e Dália. Uma rapariga cujo mundo começou a desmoronar-se no momento em que a mãe morreu, e agora vê-se como emocionalmente instável, um alvo fácil de esquemas (incluíndo de Carlos), e o prémio de uma guerra entre irmãos.

Lúcia Moniz no papel de Carolina Marquês Guerra (41 anos)

A psicóloga que levou Dália ao suicídio com os seus conselhos deprimentes, Carolina pretende vingar-se de Carlos por um crime que este nunca se apercebeu que fez, planeando seduzí-lo e depois destruír todo o pilar que ainda o mantém vivo.

Sofia Alves no papel de Filipa Loureiro (38 anos)

Filipa vai ser a luz ao fundo do túnel para Carlos. Uma polícia divertida e animada que recebeu o cargo de supervisionar o psicológicamente débil Carlos, vai se ver envolvida por acidente em muitos dos seus esquemas, e depois, numa relação amorosa com ele.

João Jesus no papel de Xavier Rodrigues (24 anos)

O inseguro, acanhado e perverso irmão de Paulo que irá mudar a vida de Susana e de todos à sua volta quando, graças a um trabalho encomendado por Carlos, descobre que o irmão é pedófilo, iniciando um conflito pela confiança da família que os une.

João Catarré no papel de Paulo Rodrigues (36 anos)

Um homem nojento e pervertido, que acha graça em abusar sexualmente de menores. Iludiu Susana a namorar e pensar que vai casar com ele, mas será Xavier que o vai deter, dando a Paulo uma razão para se tentar ver livre do seu irmão mais novo de vez.

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL
Beatriz Batarda no papel de Dália Oliveira (42 anos)

A mulher de Carlos, que nunca aceitou a sua infertilidade e tem vindo a deteriorar psicológicamente com o passar dos anos. Eventualmente chegou o seu fim da linha, pois Dália suicidou-se e deixou tudo e todos à beira de um ataque mental.

NÚCLEO DA FAMÍLIA LOPES
Nos dias de hoje, não são todas as famílias que vivem em paz e harmonia. A família Lopes sem dúvida que não é uma delas. Uma união com ligações de sangue a Carlos e Alice, por quem estes dois vão interagir bastante durante a trama. A família é liderada pelo arrogante e enloquecido magnata Lourenço (Sinde Filipe), que pouco quer saber de qualquer pessoa ou coisa que não seja dinheiro, luxo, ou o seu filho Marco (Rui Andrade), por quem está apaixonado. Lourenço é casado (por interesse) com Margarida (Lídia Franco), uma forte e firme escritora confinada a uma cadeira-de-rodas depois de um recente acidente rodoviário, e juntos tiveram três filhos: Laura (Vera Kolodzig), a trapezista no Circo Loco que deseja tornar-se comediante; Marco, um jovem adulto que gosta de viver a vida das formas mais radicais (ainda que absurdas) possíveis, normalmente envolvendo drogas e prostitutas; e Inês (Maria de Sousa), uma rapariga que acidentalmente se entrelaçou num trágico triângulo amoroso e vai cair numa profunda depressão. No meio disto tudo, encontra-se Madalena (Patrícia Tavares), a empregada doméstica da casa, que para além de dito emprego, vive uma segunda vida como traficante de estupefacientes, chegando mesmo a ter parte em “experiências” com Marco e Inês. O perverso romance entre Marco e Alice, a sua prima-irmã, vai causar Lourenço a recorrer a medidas drásticas para tentar conquistar a atenção do filho. Já Margarida irá começar a investigar a vida do marido, recebendo a ajuda de Laura no caso, ela que também se preocupa com as suas atuações como comediante e artista de circo. As emoções vão ser fortes quando conhecer esta família.

Sinde Filipe no papel de Lourenço Lopes (72 anos)

Este perigoso e megalomaníaco magnata detém um carácter de arrogância extrema, e também de grande demência, sentindo-se apaixonado pelo seu próprio filho, Marco. Essa paixão vai inspirá-lo a encenar o seu próprio desaparecimento.

Lídia Franco no papel de Margarida Lopes (71 anos)

Apesar de estar presa a uma cadeira de rodas, o espírito de lutadora e vitoriosa de Margarida é qualquer coisa menos deficiente. Será essa força que vai incentivar a escritora a investigar o seu próprio marido, e descobrir os seus mais negros segredos.

Sara Barros Leitão no papel de Alice Oliveira (24 anos)

Irmã de Carlos, rivalizando-o em inteligência mas derrotada pela sua própria preguiça, Alice vive dos rendimentos do seu mérito como prostituta, aproveitando-se da sua “sexyness”. Vai-se envolver num perverso romance com o seu primo-irmão Marco.

Vera Kolodzig no papel de Laura Lopes (31 anos)

É a filha mais velha dos Lopes, e de longe a mais sensata da família, por quem ela serve como voz da razão. Para além disso, ela trabalha como trapezista no Circo Loco, e também ambiciona tornar-se numa stand-up comedian.

Maria de Sousa no papel de Inês Lopes (22 anos)

Ex-namorada de André, por quem ela é culpada por sua ruptura emocional. Este horrível acidente amoroso afeta Inês profundamente, metendo-a num estado de depressão. Fazendo dela uma fácil cobaia para tramas e esquemas.

Rui Andrade no papel de Marco Lopes (27 anos)

O tresloucado filho do meio de Lourenço e Margarida. Tenta viver como se morresse amanhã. E com as arriscadas “experiências” em que ele se mete – envolvendo drogas, prostitutas, desportos radicais, etc. – ele constantemente arrisca isso mesmo.

Patrícia Tavares no papel de Madalena Bastos (33 anos)

Madalena é uma mulher de dupla faceta. Por um lado, é a irónica e engraçada empregada doméstica dos Lopes. Por outro, é uma traficante de drogas implacável, com um desejo sexual bastante ativo.

NÚCLEO DA FAMÍLIA RODRIGUES/SOARES
Logo desde o princípio, esta união dá uma imagem de laços quebrados. Sem questão, foi exatamente o que aconteceu. Graça (Irene Cruz), mãe de Paulo e Xavier, vive com os filhos e também com Constança (Rita Loureiro) e Vicente Soares (Luís Esparteiro), este último o seu irmão mais novo que decidiu vir morar para casa da familiar por termos solidários (visto que ele não confia em nenhum dos filhos dela para ajudarem Graça por ele), e os gémeos destes, André e Gonçalo (Rodrigo Trindade). Uma união algo calma e estável, que não parece demonstrar feridas a abrirem-se. Mas nem todas as feridas vêem-se à partida. Por um lado, existe a guerra, ao início competitiva e mais tarde pessoal, entre os gémeos, algo que vai criar enormes distúrbios à família, especialmente após André se revelar mentalmente instável, e Gonçalo receber um diagnóstico de SIDA. Depois, as discordâncias de Constança e Vicente que levam a brigas algo intensas, por vezes impulsionadas por álcool. Brigas essas que Constança vai desejar nunca ter tido mais tarde, quando um terrível incidente põe termo à vida de Vicente. E mais importante é o conflito entre Paulo e Xavier pela confiança da debilitada Graça e de Susana, namorada (e vítima) de Paulo. Xavier, ao ser empregado por Carlos para espiar as ações da filha adotiva deste, descobre que Paulo é pedófilo, e intende pôr um ponto final nas decrépitas atividades do irmão de qualquer forma. Infelizmente para ele, tanto Susana como Graça não vão acreditar nele (pelo menos à primeira), e o próprio Paulo vai tentar destruí-lo sem remorso, portanto Xavier vai ter de lutar para separar a família do monstro que é o irmão.

João Jesus no papel de Xavier Rodrigues (24 anos)

O inseguro, acanhado e perverso irmão de Paulo que irá mudar a vida de Susana e de todos à sua volta quando, graças a um trabalho encomendado por Carlos, descobre que o irmão é pedófilo, iniciando um conflito pela confiança da família que os une.

João Catarré no papel de Paulo Rodrigues (36 anos)

Um homem nojento e pervertido, que acha graça em abusar sexualmente de menores. Iludiu Susana a namorar e pensar que vai casar com ele, mas será Xavier que o vai deter, dando a Paulo uma razão para se tentar ver livre do seu irmão mais novo de vez.

Irene Cruz no papel de Graça Rodrigues (78 anos)

A física e psicológicamente fraca mãe de Xavier e Paulo, cuja inocência e debilidade a tornam num alvo fácil para subornos e ilusões de Paulo, filho que ela nunca seria capaz de acreditar que fazia algo tão decrépito como pedofilia.

Luís Esparteiro no papel de Vicente Soares (45 anos)

Pode ter um trabalho estável, e uma vida social quase perfeita, mas Vicente não é um homem de sonhos. Seja pelo problema de alcoolismo, ou pelo facto que o seu casamento está a um passo de se quebrar por completo. O seu fim tampouco é bonito.

Rita Loureiro no papel de Constança Soares (43 anos)

Uma mulher que vive em infelicidade, com um casamento à beira da ruína, filhos que se querem matar um ao outro, e um trabalho totalmente reles apesar de deter um curso académico feito. Mas isso nem é o pior que lhe acontece.

Rodrigo Trindade no papel de André Soares (23 anos)

Um dos filhos gémeos de Constança e Vicente, e um rapaz cuja vida amorosa servir-lhe-á como princípio do fim. Isto porque é graças à traição acidental da namorada com o irmão que o vai levar à loucura e constantes planos para matar todos à sua volta.

Rodrigo Trindade no papel de Gonçalo Soares (23 anos)

O irmão gémeo de André, que se fez passar pelo mesmo para atraír Inês. Não só vai isto fraturar a sua vida, como também vai desmascarar um caso de SIDA, fruto de um passado radical. Mas Gonçalo, ainda assim, pretende aproveitar-se da situação.

NÚCLEO DO CASAL CARDOSO
Esta família, ao contrário das anteriores, está reduzida a apenas dois membros: Patrícia (Paula Lobo Antunes) e Renato (Renato Godinho). Mas é provavelmente uma das mais ambiciosas de todas. Patrícia foi reconhecida por mais de 10 anos como uma heroína local, sendo ela bombeira. Era uma mulher de bons valores e princípios, sempre o foi. No entanto, o seu marido Renato nunca aprovou do emprego que tinha. Ele, que é sobreprotetor de todos os seus bens por motivos íntimos, sempre temeu pela segurança da mulher e não houve uma única vez em que ele escondesse o seu desânimo cada vez que Patrícia saísse de casa em rumo à corporação. E secretamente, não se sabendo exatamente como, ele é capaz de separar a mulher dos bombeiros de vez. Ser despedida por razões desconhecidas foi o pior golpe que Patrícia alguma vez recebeu. Isto pelo facto que perder o trabalho implicava perder o reconhecimento dos outros como uma heroína e alguém que merece o foco das atenções em cima, apesar de todos à sua volta continuarem a fazê-lo. Tal leva a ex-bombeira a ignorar o marido (que faz para lhe arranjar um novo e seguro emprego) e tentar, forçadamente, continuar a obter o conhecimento de todos à sua volta de qualquer forma: desde travar cenas de abuso sexual que ela própria inicia (pagando a criminosos para violar raparigas), até apagar incêndios postos por ela mesma, os limites não existem. Ou, quando Renato descobre as últimas da mulher, será que existem?

Paula Lobo Antunes no papel de Patrícia Cardoso (37 anos)

Patrícia era bombeira, recebendo prestígio pelo seu esforço. No entanto, um abrupto fim a esses dias vai deixá-la com um vazio no seu ego. Com isso, decide encenar vários crimes e fingir que os desencobriu e resolveu, para recuperar o mérito público.

Renato Godinho no papel de Renato Cardoso (38 anos)

O marido de Patrícia, Renato ficou marcado desde criança pela perda do seu cão, tornando-o num homem frio que protege demais os seus bens. Foi ele que separou Patrícia do seu trabalho, e é ele a quem Patrícia resente por isso mesmo.

NÚCLEO CÓMICO (DO CIRCO)
Todos os meses, o Circo Loco faz a sua marca nas ruas locais, e muitas são as pessoas, júniores ou graúdos, que esperam ansiosamente pelo regresso mensal do circo. Uma das maiores razões porquê é que em todas as edições o circo parece sempre ter algo de novo para dar ás audiências. Novas acrobacias, por vezes um novo animal, etc., mas novas atrações é o que não falta neste circo. Mas nos bastidores, as coisas não são tão fáceis como podem parecer. Incrivelmente, poucas são as pessoas que trabalham no circo consistentemente. Apenas uma trapezista, um palhaço, um domador e o dono. O resto são performers normalmente contratados por uma vez apenas e depois esquecidos como se nada fosse. E assim os seus membros gostam que seja, apesar dos gastos de dinheiro. Todos os trabalhadores do circo têm personalidades distintas, e ninguém diria que usufruem dos cargos que na realidade eles trabalham. Como Bernardo (Afonso Pimentel), o palhaço no palco que se afirma o "líder" da matilha e tenta manter a, por vezes, aparatosa ordem, ainda que ninguém o leve a sério; Laura, a trapezista que tenta viver uma vida de comediante e fazer os outros rir de qualquer forma possível; Matias (Manuel Marques), o domador que sente que a melhor forma de treinar para os seus atos é "falar animalesco" - mais especificamente, não-português - todos os dias, recorrendo às mais ridículas linguagens; e João Bento (Filipe Crawford), o dono de meia-idade que se tenta convencer a si próprio que ainda é um jovem popular e falar "à dred" para se identificar com a demografia adolescente. Mais para a frente, João Bento, graças a gastos em demasia, vai ver-se a vender o circo a François (Paulo Oom), um ambicioso proprietário de muitos outros circos por toda a Europa, e que nunca esperava ter tanto trabalho em controlar os trabalhadores desta sua nova aquisição, em maior parte devido ao desgosto destes verem o seu mundo nas mãos de outro, apesar dos problemas monetários, e fazem questão de irritar e rivalizar François. Durante a trama, nós iremos ver como é que estes indivíduos vivem, tanto profissionalmente como pessoalmente, rindo com as inúmeras trapalhadas que eles fazem nas suas sessões de entreter outros, tanto no palco como nos bastidores e até fora do circo mas também veremos que no fundo, são personalidades humanas e com sentimentos, que querem, acima de tudo, fazer os seus espetadores rir.

Vera Kolodzig no papel de Laura Lopes (31 anos)

É a filha mais velha dos Lopes, e de longe a mais sensata da família, por quem ela serve como voz da razão. Para além disso, ela trabalha como trapezista no Circo Loco, e também ambiciona tornar-se numa stand-up comedian.

Afonso Pimentel no papel de Bernardo Andante (35 anos)

É o auto-nomeado líder do Circo Loco, que tenta fazer as coisas funcionar à força mas ninguém o leva a sério. Tem um fraquinho por Laura, mas esta nem imagina que tal sentimento existe. No circo, ele faz de palhaço.

Manuel Marques no papel de Matias Ribeiro (35 anos)

O lambe-botas e excêntrico domador do Circo Loco. Matias faz de tudo para impressionar as mulheres, e é também um autêntico exagerado, com “tiques” como falar em karaoke, ou numa linguagem “animalesca”.

Paulo Oom no papel de François Gallant (42 anos)

Francês, ambicioso e convencido, François é o novo dono do Circo Loco – sendo este mais um para a sua enorme coleção de circos. Tal é a razão por detrás da revolta de João Bento, e mal imaginava o homem que este circo “dava luta”.

Filipe Crawford no papel de João Bento Correia (58 anos)

João Bento era o dono do Circo Loco, mas François ocupou esse lugar, e isso irritou-o ao ponto de o tentar enervar das formas mais ridículas para o forçar a despedir-se – algo que ele chama um “ato de guerra”. E também se tenta identificar com jovens.

LOCAIS DE GRAVAÇÃO: Covilha e Penhas da Saúde

DÉCORES:
Carlos/Susana


Filipa


Carolina (sala de trabalho)


Carolina (casa)


Família Rodrigues/Soares


Alice


Família Lopes


Lourenço/Margarida


Marco


Inês


Patrícia/Renato


Circo Loco


BANDA SONORA
Susana Félix – “Já Foi” (Tema de genérico)


Amor Electro – “Rosa Sangue” (Tema de Carlos)


Dr1ve – “Sem Cor” (Tema de Susana e Xavier)


Mundo Cão – “Ordena Que Te Ame” (Tema de Carolina)


Anaquim – “As Vidas dos Outros” (Tema de Filipa)


Pluto – “A Vida dos Outros” (Tema de Paulo)


Kongos – “Come With Me Now” (Tema de Alice e Marco)


Amor Electro – “So é Fogo se Queimar” (Tema de Patrícia)


Klepht – “Ponto de Viragem” (Tema de Vicente e Constança)


Yeasayer – “Don’t Come Close” (Tema de André e Inês)


Deolinda – “Fon Fon Fon” (Tema do núcleo do circo)


Pedro Abrunhosa – “Quem me Leva os Meus Fantasmas” (Tema geral)


Nero – “Doomsday” (Tema geral)


Natiruts – “Sorri, Sou Rei” (Tema geral)

Até já!
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:31 pm
Estou de volta!

O quarto trabalho:


Samuel:

Desafio semanal:
A MINHA NOVELA CHAMA-SE... "PURA ILUSÃO"!



JUSTIFICAÇÃO

Escolhi este nome para a minha novela logo ao início do concurso. Quase tudo na novela não é o que parece: por um lado Artur e Anabela, que escondem o terrível segredo da morte do irmão e da paralisia de Isabel. Tirando Armando e Susete, ninguém conhece verdadeiramente as reais personalidades dos dois irmãos. Por outro lado, apenas metade do segredo é descoberto por Armando logo nos primeiros episódios. O patriarca dos Galvão só vai ficar a saber que Isabel também foi alvo da malvadeza de Artur e Anabela meses depois da trama começar. Temos também os casos das três amigas, que pretendem continuar a viver num mundo àparte, com tudo a que têm direito. Não passam na realidade de três amigas sem rumo, querendo passar uma imagem completamente diferente. Um outro caso que encaixa no nome é João, completamente iludido por um amor que na realidade é tudo menos recíproco.
Uma coisa é certa: a ilusão vai-se desfazendo ao longo da novela e a realidade tornar-se-á mais clara. Mas até lá, tudo é "Pura Ilusão"!

Retrospectiva:
A MINHA NOVELA CHAMA-SE...








SINOPSE PRINCIPAL

Sinopse principal:

Conhecido advogado e pai de quatro filhos, Armando Galvão vive um difícil período da vida, tendo de lidar com um tumor no fígado. É numa fase mais complicada da doença que descobre um dramático segredo que envolve Anabela, uma das suas filhas. É Miguel Martins, médico já reformado, que lhe desvenda o macabro segredo que esconde há anos. Numa manhã como tantas outras, Miguel lê no jornal uma notícia que expõe a frágil saúde de Armando. Sabendo perfeitamente de quem se trata, o médico não hesita um segundo em contar o que sabe. Miguel encontra assim o patriarca dos Galvão num dos corredores do IPO e juntos falam de tudo.
Há vinte e dois anos, Miguel Martins trabalhava na maternidade onde Cristina, esposa já falecida de Armando, teve os seus cinco filhos. Sim, cinco. O último, Diogo, morreu dois dias depois de nascer. Foi no segundo dia de vida de Diogo que Miguel viu Anabela (que mais tarde descobriu ser filha de Armando) na maternidade, saindo do quarto onde estava Diogo. A jovem, aproveitando uma ida à casa de banho da mãe, bateu com a cabeça do irmão contra a parede, fazendo-o morrer no momento. O médico e a maquiavélica filha de Armando cruzaram-se à entrada do quarto, entrelaçando olhares de desconfiança e mistério. Sem hesitar, Anabela ameaçou Miguel e ofereceu-lhe dinheiro em troca do seu silêncio e do encobrimento da situação. O silêncio durou vinte e dois anos.
Ao conhecer a verdadeira faceta da filha, Armando fica sem chão, apesar de contar com o apoio da sua confidente e amiga Susete, governanta da família há muitos anos. Ambos arquitetam um plano para que Armando tenha a possibilidade de se tratar e, ao mesmo tempo, encontrar uma forma de fazer pagar Anabela por tudo o que fez. Armando comunica à família que decidiu recorrer à eutanásia, na Suíça, e que nada do que possam dizer mudará a sua decisão. Pede também que ninguém o acompanhe, despedindo-se de todos na hora. O choque é geral, mas uns aceitam melhores do que outros. Na verdade, Armando não viaja para se matar, mas isso, apenas ele e Susete sabem.
No entanto, como a verdade não é nem universal nem acessível a todos, Armando está redondamente enganado. Isabel, também sua descendente, é a resposta para toda a ilusão: Isabel tem paralisia cerebral desde o primeiro ano de vida. Todos pensam que foi uma queda que provocou a doença. A verdade é que foi Artur, o mais velho dos filhos de Armando, quem destruiu a sua vida, empurrando-a enquanto esta brincava. É também Artur, materialista por natureza, que influencia Anabela, na altura com dezanove anos, a matar Diogo. A incompetência de Artur há trinta anos fê-lo usar outra pessoa para cumprir, desta vez devidamente, o serviço. Todas estas atitudes para obter uma maior quantia da fortuna da família, sem olhar a meios.
Julgando conhecer toda a verdade, Armando permanece na Suíça durante alguns meses e faz chegar a Anabela algumas mensagens que permitem nutrir a relação dos dois. O patriarca dos Galvão regressa meses depois, para espanto de todos. Destruir Anabela é o único objetivo deste pai desesperado. Será que a verdade virá ao de cima?

VILÕES

vilões:

Artur é o mais velho dos filhos de Armando Galvão. Foi durante a sua adolescência que começou a mostrar sinais de uma personalidade desviada do padrão social, desenvolvendo um materialismo anormal. Casado com Débora, com quem tem uma relação algo fria, Artur cedo encontrou maneira de obter uma maior parte da fortuna da família: aos vinte e três anos, alguns meses depois do nascimento da sua terceira irmã, o maquiavélico dos Galvão empurrou esta última enquanto esta brincava na parte traseira da mansão. Apesar do irmão a querer matar, Isabel bateu violentamente com a cabeça no chão, mas manteve-se viva... até hoje. Artur tem de lidar com a irmã, que tem paralisia cerebral, como se nada tivesse feito para que a tragédia tivesse acontecido. Contudo, sempre receoso que a verdade venha ao de cima.
Apesar de o seu plano não ter funcionado, Artur não desistiu de perseguir o seu objetivo, eliminar quem o impedisse de ter um dia acesso ao que julga merecer. No nascimento de mais uma irmã, Anabela, o Galvão decidiu contudo não cometer o mesmo ato que cometera nove anos atrás, muito pela ausência de alguém que o ajudasse a concretizá-lo. No entanto, à medida que Anabela foi crescendo, Artur foi construindo a cumplicidade dos dois para, caso necessitasse um dia, usasse a irmã. E aconteceu! Quando Anabela tinha dezanove anos, Cristina, a esposa agora falecida de Armando, anunciou mais uma gravidez: a família esperava, já tardio, é certo, o último dos descendentes dos Galvão. Diogo estava a caminho, mas a sorte não iria estar do seu lado, visto que Artur convenceu Anabela, também ela instruída com os mesmos princípios que o irmão, a matar o irmão recém-nascido. Ainda jovem, Anabela deixou-se levar pelo irmão mais velho e acabou com a vida do também seu irmão Diogo. O plano, infelizmente para os dois, acabou relativamente mal, porque Anabela foi vista na maternidade por um médico que mais tarde contou a verdade a Armando, o patriarca da família. Os irmãos irão fazer de tudo para não serem descobertos, mas nem isso chega para travar um desejo de vingança.
Magda tem 32 anos e é filha de Artur. Mãe adotiva de Tiago, descobre mais para o final o macabro segredo que escondem o pai e a tia. Armando, ao perceber que a neta o descobriu, tenta chegar a ela e descobre aí que foi Artur quem pediu para matar Diogo e quem levou Isabel à paralisia cerebral. Enquanto o avô atua sorrateiramente, Magda é completamente extremista e pretende ir muito longe para fazer justiça. O que é certo é que a dupla (neta e avô) estará junta por uma causa. Magda é uma vilã do lado do Bem.

Quando tudo parecia melhor, eis que o álcool volta para assombrar os Cardoso. Hélder sempre foi alcoólico, mas houve períodos em que se libertou um pouco do vício e permitiu uma melhor vida para a sua mulher e dois filhos. No entanto, num momento de maior exagero, Hélder bate em Sónia, esposa. André, filho de dezoito anos há muito desgastado com todos os conflitos familiares, sai de casa e põe fim à vida deitando-se sobre a linha de comboio. Hélder entra numa roda-viva de terror, aterrorizando todos à sua volta, muito por se sentir culpado pela morte do filho, mas nunca o admitir.

SINOPSES SECUNDÁRIAS

sinopses secundárias:

Artur e Débora casaram-se há trinta e três anos. Ainda que recíproco ao início, o amor que unia os dois foi-se desfazendo com o passar do tempo. À medida que os anos iam passando, Débora descobria certos aspetos da personalidade do marido que até então não tinha detetado. As paixão e obsessão pelo dinheiro faziam parte da lista. Ainda assim, este descontentamento de Débora passou a segundo plano depois do nascimento da primeira filha, Magda, que a habitou a distrair-se de uma vida monótona e regulamentar. Débora, apesar de tudo, tenta aproximar-se do marido e dos seus sentimentos, mas este rapidamente se fecha em copas e faz apagar de novo alguma esperança existente. Assim sendo, esta esposa vive encurralada num mundo aparte. Para voltar a sentir-se útil, tenta convencer o marido a ter mais um filho, mas Artur, preocupado com as possíveis despesas, recusa sem hesitar. Desesperada, Débora cai no extremo e leva várias vezes o marido à embriaguez para tentar obter o que quer. Daí nasce Luísa, segunda filha do casal. Inesperadamente, é a que melhor se dá com o pai, mas tal como a mãe, rapidamente se desinteressa pela sua difícil personalidade e fraca ambição. Influenciada pela mãe, Luísa estuda arquitetura, mas, inconformada, acaba a trabalhar no hostel da tia Fernanda. Magda e Luísa irão acabar por ignorar por completo o pai. Esta relação inconstante vai levar a mais nova das irmãs às drogas, segredo que manterá até o vício a dominar. Por outro lado, Débora vai tendo uma mudança positiva que a fará ter uma melhor visão dela mesma e do que a rodeia. Tudo culmina na descoberta do macabro segredo de Artur, a tentativa de homicídio de Isabel e a morte de Diogo. Aí, o divórcio não tardará.

Fernanda e João (49 e 45 anos, respetivamente) são um casal aparentemente feliz. João, romântico por natureza, dá muito de si à relação e tenta não deixar que tudo caia na monotonia. No entanto, Fernanda não lhe é fiel, tendo um caso com Renato, filho da governanta dos Galvão. Para escondê-lo, Fernanda tenta afastar-se da mansão da família.
Apesar do afastamento, Fernanda é quem mais tem noção de como é Artur. Não sabendo das monstruosidades que o irmão cometeu, a esposa de João sempre mostrou o seu desagrado para com certas atitudes mais egocêntricas do irmão, provocando sempre um clima de tensão.
Fernanda e João têm um filho, Dinis. Com 19 anos, Dinis assume a sua bissexualidade perante toda a família, sem qualquer embaraço. Numa família de renome como os Galvão, esta divulgação será mantida em segredo para que não haja polémica. Apesar de Fernanda apoiar o filho, João não aceita a sua sexualidade, evitando falar com Dinis a partir do momento da revelação. Armando, avô do jovem, não vê problema na bissexualidade, mas vê parte dos filhos revoltarem-se com a situação, nomeadamente Artur. O que é certo é que Dinis nunca irá esconder o facto de gostar dos dois sexos e isso poderá incomodar os mais retrógrados.

Sónia, Hélder, André e Diogo fazem parte da família Cardoso. Sónia e Hélder são casados e têm os dois filhos André e Diogo.
Sónia sofre de violência psicológica por parte do marido, sobretudo quando este bebe em demasia. A situação deteriora-se à medida que o vício de Hélder avança. E com o passar do tempo, também André, de 17 anos, vai perdendo as forças que tinha para lutar por uma família mais harmoniosa e sobretudo estável. Ver a mãe abalada e rebaixada várias vezes por semana começava a destruí-lo psicológica e fisicamente. Numa de tantas discussões, André, desgastado, toma a infeliz decisão de se suicidar por não ter mais soluções à disposição. O mesmo sai então de casa em lágrimas e dirige-se à linha férrea dos arredores. Diogo, com oito anos, segue-o gritando para que pare. Em vão. André vê ao longe um comboio e começa a correr como se quisesse escapar de quem o perseguisse. Sónia rapidamente se apercebe da ausência dos filhos e sai atrás deles, também ela lavada em lágrimas. A alguns metros da linha de comboio, Sónia fica boquiaberta, cai de joelhos no chão e leva as mãos à cabeça. André havia sido esmagado pelo comboio segundos antes. Diogo gritava pelo irmão, debruçado sobre ele.
A partir da tragédia, o vício de Hélder piora substancialmente e a violência passa de psicológica a física. A dado momento, Sónia decide pedir ajuda à sua melhor amiga, Anabela Galvão, e esta arranja forma de tirar Sónia e o filho de casa. Hélder acaba por se suicidar meses depois.

Alguns meses depois do início da relação de Fernanda Galvão com Renato, uma ideia surgiu da mente do filho de Susete: abrir um hostel. Fernanda não gostou da ideia, mas Renato conseguiu convencê-la do contrário. Meses depois, os dois já tinham escolhido a equipa para liderar o mesmo. Sendo um pequeno negócio de família, a filha de Armando decidiu comprar uma casa com alguns quartos, que viria depois a decorar à sua maneira. Esta era a sua segunda vida, ao lado do homem que realmente amava. Sónia Cardoso foi selecionada para a cozinha, Susete e Adelaide para a limpeza, Renato para o bom ambiente do alojamento, Andreia Martins (amiga de Renato) para a receção e Luísa para gerir a equipa. O hostel passou também a ser o ponto de encontro de Fernanda e Renato, com os devidos cuidados. Foram precisas apenas algumas semanas para a abertura do hostel. Com a publicidade necessária, rapidamente conseguiram enchê-lo. Com o sucesso, Fernanda decidiu criar uma cadeia de hostels pela cidade intitulada de “NightLife”.
Dentro do hostel, as coisas não eram tão simples assim. Andreia, materialista, perseguia Renato para poder subir de cargo. Desconfiada da relação deste com Fernanda, a rececionista tentou envolver-se com o segundo dono do alojamento para testá-lo. Renato acaba por cair nos braços de Andreia e esta passará assim a tê-lo na mão. Susete irá no entanto arranjar forma de controlar o filho ao perceber o que se passa.

NÚCLEO CÓMICO

núcleo cómico:

É conhecida por Dona Amanda. Na região onde vive, Amanda Leal é popularíssima por boas razões. Aos 66 anos, esta avó/mãe à frente do seu tempo está sempre pronta para ajudar quem mais precisa, sejam amigas, vizinhos ou desconhecidos. Apesar das suas contagiantes boa vontade e alegria, Amanda já sofreu no passado: a sua filha Elisabete faleceu ao dar à luz Rodrigo, o seu neto, e dois anos mais tarde, António, o seu marido, também acabou por falecer depois de complicações provocadas pela diabetes. Assim sendo, Amanda arregaçou as mangas e decidiu dar a Rodrigo tudo aquilo a que tinha direito. Infelizmente, teve de se reformar aos 62 anos devido a problemas nas articulações, mas nunca desistiu de tentar encontrar algo para fazer.
Com uma casa de seis quartos que pertencia à família do marido, Amanda decide “abrir portas” a estudantes universitários, tendo estes de pagar uma mensalidade correspondente ao quarto e a refeições diárias. O que Amanda não esperava era receber apenas e só estudantes estrangeiros. A avó de Rodrigo vai ter sérias dificuldades em entender as várias línguas faladas em sua casa, dando origem a situações ao mesmo tempo incoerentes e inevitáveis.
Mesmo com o aluguer de quartos, Amanda continua a levar uma vida de boémia: idas a discotecas, a bares e saídas à praia, por exemplo. Tudo isto tratando os seus hóspedes como realmente devem ser tratados.
Sabendo do caso do neto com Fernanda, Amanda passará a apoiar a relação, apesar das reservas em relação aos Galvão. Amanda acaba por contar o caso a Susete, sua melhor amiga e governanta da família de Armando Galvão, e, com o tempo, a história começará a circular.

Catarina, Eliana e Carolina são três amigas solteiras que decidiram ir viver juntas quando os pais deixaram de sustentá-las ao verem que não queriam nem trabalhar nem continuar a estudar. O problema é que nenhuma delas tem noção de como é viver em conjunto e muito menos trabalhar para sobreviver. Desorientadas por natureza, lembram-se de dar explicações a alunos da escola primária, mesmo não tendo noção da dificuldade da matéria em questão. A ideia será posta em prática e, como seria de esperar, irá causar muitas situações constrangedoras. Ideias como esta serão habituais, devendo elas encontrar desesperadamente algo que as possa sustentar, sem que para isso tenham de trabalhar de manhã à noite. Quando já muito tentarem, Catarina lembra-se de Luísa, filha de Artur Galvão, de quem era colega na escola. Sabendo do poderio financeiro dos Galvão, as três começam a aproximar-se de Luísa e, quem sabe, obter o que tanto querem, sempre sem vergonha na cara.






NÚCLEO PRINCIPAL

ARMANDO GALVÃO


Tem 73 anos, quatro filhos, é viúvo, dono de um conceituado escritório de advogados e sofre de um tumor no fígado. É a figura mais respeitada da família Galvão, sobretudo depois de lhe ter sido diagnosticado o tumor. No meio de tanto sofrimento, descobre que uma das filhas matou outro dos seus filhos, pouco depois do nascimento deste último. É a partir desse momento que não olhará mais a meios para alcançar o que quer, fazer pagar Anabela pelo que fez.

ISABEL GALVÃO


Tem 30 anos, é filha de Armando e tem paralisia cerebral, deslocando-se em cadeira de rodas. Contudo, a atividade intelectual sempre se manteve intacta. Isabel é uma mulher autónoma, apesar das limitações físicas. Tem uma frágil personalidade, muito por conta da fragilidade física. Devido à rejeição por parte da sociedade, nunca teve ninguém que a amasse ou gostasse dela como é. É a filha mais próxima do pai e a que mais mostrará o sofrimento da “perda”. Isabel é a chave para o enigma de Armando. Na verdade, a paralisia cerebral foi causada por Artur, seu irmão. Este segredo mudará a forma como vê a vida e como reage a ela.

FERNANDA GALVÃO


Tem 49 anos e é filha de Armando, sendo a segunda mais velha dos irmãos. A sua relação com Artur sempre foi inconstante. Fernanda é uma mulher com forte personalidade e sempre se convenceu a si e aos outros de que o irmão é de facto má pessoa. É casada e tem um filho. Os três mantêm-se afastados do resto da família, muito pela vontade de Fernanda em esconder o seu caso com Renato, filho de Susete.

VILÕES

ARTUR GALVÃO


É o filho mais velho dos Galvão (56 anos) e sempre teve uma boa relação com o pai. Ansioso e contido por natureza, raras foram as vezes em que partilhou os seus sentimentos com a família, nomeadamente com a mulher, Débora. Tem duas filhas, Magda e Luísa. A sua personalidade fá-lo distanciar-se dos irmãos, com quem fala raramente, havendo quase sempre um ambiente de tensão. No que toca às suas ambições, apenas o dinheiro interessa. Apesar do elevado salário de advogado, Artur não resiste em esconder o seu materialismo. Quando soube da suposta morte do pai, sente-se abalado, mas sorridente. Finalmente vai ter acesso ao que pretendia. É ele o maior vilão. É ele quem tem a ousadia de tentar matar os próprios irmãos.

ANABELA GALVÃO


É filha de Armando Galvão e tem 41 anos. Matou Diogo, irmão recém-nascido, quando tinha apenas 19. Sempre foi influenciada pela obsessão de Artur pelo dinheiro. Apesar da sua forte personalidade, Artur, com o seu dom de persuasão, moldou-a de forma bastante inteligente. Anabela diz o que pensa e não sente quem a ouve. Sendo egoísta por natureza, nunca conseguiu ter um relacionamento estável. Foi casada com Otávio, alguns anos mais novo, mas rapidamente percebeu que não queria uma vida amorosa que a ligasse a alguém de forma tão emocional.

MAGDA GALVÃO


É filha de Artur e tem 32 anos. Magda tem um passado obscuro. Depois de uma violação aos 16 anos, nunca mais conseguiu ter relações sexuais com alguém e muito menos construir uma relação mais séria. Ainda assim, quis adotar Tiago, seu filho adotivo. A tarefa não seria fácil, até porque a filha de Artur é muito fechada e raramente ri. Tiago é levado nessa teia de mal-estar da mãe. Magda vai descobrir toda a verdade sobre a tentativa de homicídio de Artur e da morte de Diogo. Depois disso, não hesita em juntar-se ao seu avô para fazer justiça.

HÉLDER CARDOSO


Hélder é um vilão mais suave do que os restantes. O seu maior problema é definitivamente o álcool, que muda por completo a sua personalidade. Bêbedo, Hélder para de calmo e submisso a chantagista e praticante de violência psicológica. É esta violência psicológica que vai levar André, um dos seus dois filhos com Sónia, ao suicídio. André mata-se em frente à família e Hélder nunca se conformará com a situação. A situação da família piorará a partir desse drástico momento.

NÚCLEOS SECUNDÁRIOS

DÉBORA GALVÃO


Tem 54 anos e é a esposa de Artur. Conheceu o marido na Universidade e nunca mais olhou para outro homem. Iludida com um amor inexistente, Débora vai entrar numa roda-viva de desespero, interrompida apenas pelo nascimento das filhas Magda e Luísa. Mulher de sentimentos à flor da pele, vai tentar de tudo para se sentir útil e apaixonada, contudo em vão. A solução final passará por melhorar as suas fraquezas ao atravessar um processo progressivo de mudança, tanto a nível interior como exterior.

LUÍSA GALVÃO


Tem 25 anos e é a mais nova das filhas de Artur e Débora. Apesar de não ter sido bem-vinda por parte do pai, Luísa desenvolveu durante a infância uma ótima relação com Artur, relação essa que se foi desfazendo à medida que os anos passavam. O mau ambiente intensificou-se quando Luísa decidiu inscrever-se na faculdade de Arquitetura. Artur fez de tudo para não ter de pagar os estudos da filha, mas Débora conseguiu convencê-lo. Desmotivada, Luísa desiste do curso e volta a casa. Meses depois, começa a relação com Rodrigo, neto da Dona Amanda e aí tem também a oportunidade de trabalhar no hostel da tia. Jovem afetada pelo ambiente familiar, Luísa encontrará escapatória no mundo da droga, às escondidas de todos.

TIAGO


Tem 7 anos e é o filho adotivo de Magda. Tiago é um adereço na família, visto que a mãe não lhe permite que desenvolva uma relação nem com a tia nem com os avós. Os problemas ficarão assim parcialmente fora do seu dia-a-dia, ainda que tenha de lidar com uma mãe de caráter extremista e de difícil abertura.

JOÃO


Tem 45 anos e é o marido de Fernanda. Sempre deu muito de si à mulher que ama, e talvez por isso nunca tenha reparado que esta o enganava com o filho da governanta dos Galvão. A sua ligação com os membros da família de Fernanda é muito passiva, muito pela sua própria passividade. Contudo, quando a verdade vier à tona, João passará a lidar de forma mais impulsiva com a sua esposa. O pressuposto amor que ligava os dois não era mais do que pura ilusão.

DINIS GALVÃO


Tem 19 anos e sempre foi decidido e confiante. A sua bissexualidade vai ser vivida de forma intensa, não apenas por si mas também por toda a sua família. Uns tentarão impedi-lo, outros apoiá-lo-ão. Para Dinis só há um problema: a sociedade.

SÓNIA CARDOSO


Tem 42 anos e é casada com Hélder. Mesmo sofrendo ao lado do marido, Sónia mantém o casamento porque sabe que os filhos querem uma vida estável e um pai e uma mãe que se deem bem. Ainda assim, a decisão acarreta mais violência psicológica da parte do homem com quem casou. Sónia nunca se conseguirá perdoar pela morte do filho, até porque sabe que a culpa é sua, em parte. Trabalhando no hostel de Fernanda, esta mãe desesperada vai ter de encontrar forma de se impor perante o marido, nem que para isso tenha de sair de casa com a ajuda de Anabela.

ANDRÉ CARDOSO


Tem 19 anos e é filho de Sónia e Hélder. Desesperado com a situação familiar, decide matar-se depois de uma discussão como tantas outras. Foi a gota de água. Mesmo desaparecendo cedo demais, é ele quem provoca a roda-viva de terror que a mãe e o irmão vão continuar a viver. Hélder não melhorará com a morte do filho. Pelo contrário.

DIOGO CARDOSO


Tem 8 anos e é o filho mais novo de Sónia e Hélder. Apesar de não viver tão intensamente as chatices dos pais, é muito ligado ao irmão e fica desolado ao vê-lo morrer, coisa que nunca esquecerá. O pai será sempre o culpado pela morte do seu “segundo pai”.

SUSETE


Tem 59 anos e é a governanta dos Galvão há muitos anos. Na altura, conseguiu o trabalho através de um anúncio num jornal, por pura coincidência. Já com Renato ao colo, a sua vida foi facilitada por uma família que a respeitava. Susete foi desenvolvendo ao longo do tempo uma relação bastante forte com Armando. Passou de mera governanta a confidente, a amiga. É ela a primeira a quem Armando vai contar o segredo que descobre. É ela quem manterá contacto com o patriarca até ao seu regresso e quem fará dirigir a Anabela alguma mensagem do pai, sempre fazendo-a acreditar que ele está de facto morto.

RENATO


Tem 31 anos e é filho de Susete. Sempre viveu nos anexos da mansão dos Galvão e por isso o respeito raramente falhou. A dada altura, Renato, mulherengo, começou a aperceber-se da química que ele e Fernanda tinham. Sabendo que se tratava de um amor impossível, tentou afastar-se, mas rapidamente notou que não iria resultar. Os dois acabaram por manter uma relação às escondidas de todos. O filho de Susete vai fazer de tudo para manter a relação longe dos olhares dos Galvão e da sua mãe. Como o seu pai faleceu quando era ainda bebé, atribui a Armando Galvão a figura paternal. Apesar de Susete saber toda a verdade, Renato não saberá que Armando não recorreu à eutanásia como disse. Assim sendo, é dos que mais sofre no momento da revelação do patriarca.

ADELAIDE


Adelaide tem 54 anos e é amiga de infância de Susete. Quando era mais nova, vendia legumes na feira com a amiga. A dada altura, as contas começaram a acumular e Adelaide decidiu procurar um melhor emprego. Aí, começou a trabalhar em vários hotéis, indo parar no final ao hostel de Fernanda, acompanhada de Susete. Ali é feliz e leva a sua vida de solteira sem problemas maiores. Sendo uma mulher forte e segura, nunca deixou que os outros pensassem por si e é também por isso que conseguiu vingar e sair por cima num momento mais complicada.

ANDREIA MARTINS


Tem 24 anos e vem de França. Filha de pais emigrados e com bastante vontade de voltar a Portugal, Andreia, ainda no país de acolhimento, tenta encontrar um trabalho que a agrade e que a satisfaça a nível financeiro. Quando Renato, amigo, lhe comunica a vaga de rececionista do hostel, esta não hesita nem um segundo e chega a Portugal no dia seguinte. Materialista e inteligente que é, vê em Renato a hipótese de se aproximar de um bom partido. Quando se apercebe que o filho de Susete e Fernanda podem ter algo mais em comum, aproxima-se de vez dele para tentar decifrar que relação têm os dois. Renato chega a ceder, mas a tarefa não será fácil para Andreia.

RODRIGO


É o neto de Amanda e namorado de Luísa, filha de Artur. Tem uma personalidade não muito diferente da da avó. Alegre por natureza, nunca se meterá nas ideias mirabolantes de Amanda, dando contudo a sua opinião sempre que necessário.

NÚCLEO CÓMICO

AMANDA LEAL


Tem 66 anos e vive há muito com o neto Rodrigo. Quando a sua filha faleceu, empenhou-se ao máximo para dar ao neto tudo o que ele precisasse. Sendo uma mulher sempre à frente do seu tempo e cheia de energia, nunca baixou os braços, nem depois de se ter reformado. Amanda é considerada alguém “ao lado” dos padrões da sociedade, pelo seu à-vontade qualquer que seja a situação. Conhecida por Dona Amanda, esta avó vai decidir criar o seu próprio negócio, permitindo a estudantes universitários de ficar em sua casa por uma módica quantia.

CATARINA


Catarina é uma jovem de 23 anos que decide sair de casa ao ver que os seus pais não a iam sustentar mais. Sem ideia alguma de como é a vida de trabalho árduo, vai viver com duas amigas na mesma situação, Eliana e Carolina. Catarina é a que melhor cozinha, mas nada mais quer fazer. Viver com quem não a ajuda não vai ser tarefa fácil. Dona de si mas ainda ingénua, Catarina não vai contudo desistir de encontrar uma forma de ganhar algum dinheiro sem trabalhar muito.

ELIANA


Tem 25 anos e é a mais desorientada das três amigas. Quando muda de casa, sente-se apavorada por perder grande parte dos hábitos que tinha: tratamentos de pele, novo corte de cabelo todas as semanas, manicure e outros cuidados supérfluos. É ela quem toma a iniciativa de dar explicações, mas rapidamente se dá conta da má ideia que teve.

CAROLINA


Carolina tem 25 anos e é a mais calma das amigas. Com os pés bem assentes na Terra, sempre soube que só a trabalhar se consegue algo na vida. Ainda assim, aconchegou-se ao poderio financeiro dos pais e nunca se empenhou num projeto a sério.






GALVÃO

Décors galvão:

Esta sala foi escolhida com base na sua dimensão e também pelo lado mais rústico da casa em si. É um espaço amplo no qual será possível mudar facilmente de perspetiva nas diferentes cenas dos Galvão. Este será o local onde Isabel e o pai passarão a maior parte do tempo até este viajar até à Suíça. Serão também aqui geradas algumas discussões entre os irmãos Galvão.


Aqui serão tomadas todas as refeições dos Galvão, num espaço aberto sobre a sala. Os apontamentos em vermelho dão vida aos compartimentos.


Este é o espaço de Isabel Galvão. Tal como ela, o seu ‘cantinho’ é acanhado e sem grandes cores vibrantes. É certo que segue a linha da sala, mas foi também pelo facto de se adequar à personalidade e condição física da Isabel que o escolhi. É aqui que passará grande parte dos dias, que chorará e que se sentirá sozinha quando o pai viajar.


Este é o quarto de Armando. Durante o cancro, será aqui que o patriarca permanecerá, sobretudo nos momentos de maior dor. Os filhos e familiares usarão o quarto para visitá-lo. Contudo, este deixará de ser usado em demasia depois do inesperado regresso de Armando, passando este a frequentar mais a sala e os restantes compartimentos.


O pequeno escritório de Armando fazia parte do seu dia-a-dia quando este exercia advocacia, mas depois da doença, serve apenas para meditar e para se sentir afastado da vida lá fora. É um compartimento simples, mas ainda assim moderno.


Por fim temos o local onde trabalharão Susete e os empregados. Apenas Susete tem uma certa importância na história, por isso a cozinha será mostrada quase sempre em cenas de “coscuvilhice” por parte dos funcionários. É uma cozinha em madeira, bem ao estilo do resto da mansão dos Galvão.

FAMÍLIA DE ARTUR

décors FAMÍLIA DE ARTUR:

Tal como a família, a casa comprada por Artur é mais clássica, mas ao mesmo tempo moderna. Esta sala, diferente da da mansão dos Galvão, vai ser o local de discórdia nos primeiros tempos. Apesar de Artur ocupar mais do seu tempo no escritório, a sala será também ela movimentada. O azul das paredes corresponde à personalidade melancólica de Débora e o castanho do teto ao mau feitio de Artur.


Mais uma vez, sala, cozinha e espaço de refeições no mesmo compartimento, o que impede a constante mudança de cenários de uma cena a outra. Cozinha e espaço de refeições atuais, mas tal como mencionado, com alguns elementos mais clássicos.


Este é o escritório onde Artur trabalhará e elaborará os seus planos. É um local sereno, onde o personagem se sente em “paz”. O azul-bebé da sala passou a azul-escuro no escritório.


Talvez o compartimento mais clássico da casa da família de Artur. Aqui temos o quarto do casal (Artur e Débora), um quarto sem grande cor, escolhido inteiramente por Débora, na altura levada pela depressão. Aliás, será neste quarto que Débora se sentirá mais sozinha, sobretudo nos momentos em que o marido a ignora.


Aqui viverão Magda e o filho adotivo. Mãe e filho passarão a maior parte do dia fechados no quarto, muito por conta da relação atribulada de Magda com o pai. O quarto de Luísa é semelhante ao de Magda, por isso não o coloquei.

ANABELA

décors ANABELA:

Como Artur vive com a família, é em casa de Anabela que os dois se encontram normalmente para discutir os planos e as decisões a tomar. Anabela vive independente numa moradia muito atual e cheia de personalidade. Esta sala é o cenário ideal para ‘acompanhar’ cenas de maior tensão.


A cozinha segue a linha da sala. Se Anabela ‘queria’ algo simples, prático e bonito, damos-lhe uma cozinha simples, prática e bonita, bem ao estilo da sala e do resto da casa.


O quarto da filha de Armando é virado para o exterior, cheio de claridade. Não será no entanto muito usado como pano de fundo.

FAMÍLIA DE FERNANDA

décors FAMÍLIA DE FERNANDA:

A casa de Fernanda não é tão requintada como as dos irmãos, mas também ela não dá tanta importância a luxarias. Os principais compartimentos têm alguns apontamentos em vermelho, tal como a mansão da família. Na verdade, Fernanda estará mais preocupada com o hostel do que com a própria casa e mantém-na assim bastante simples.


Tal como a sala e a cozinha, o quarto de Fernanda e João é bastante simples, ainda assim atual e moderno. O espaço será onde João tentará de tudo para conseguir o amor da esposa, porém em vão.


Já o quarto de Dinis tem mais cor, é maior do que o dos pais e ganha assim outra ‘vida’. O quarto foi-lhe cedido pelos pais quando estes que se sentiriam mais confortáveis no outro quarto. Dinis remodelou o espaço por completo. É lá que vai ter as suas primeiras experiências sexuais com homens, mulheres, e com os dois sexos ao mesmo tempo. No fundo, é um quarto com uma personalidade à sua medida.

FAMÍLIA CARDOSO

décors FAMÍLIA CARDOSO:

Os Cardoso têm um estatuto social relativamente baixo comparando com o dos Galvão. Ainda assim, é-lhes permitido ter um apartamento moderno e bem decorado. Sem extravagâncias, esta cozinha tem o essencial para uma família de quatro pessoas e uma disposição atual. A claridade é também um fator importante numa família caracterizada por tragédias.


A sala de estar vem na linha da cozinha: decoração simples, eficaz e moderna. As paredes em tijolo dão mais personalidade e conforto ao espaço.


Este é o quarto da Sónia e do Hélder, local onde acontecerá parte da violência tanto física como psicológica. É um compartimento algo natural, sem muita vida, que pode ser comparado com a relação entre os dois.


Mal vi este quarto, pensei logo nos irmãos André e Diogo. Para além das cores cativantes, que variam entre o azul e o vermelho, o quadro na parece diz muito sobre a forte ligação entre os dois. “Every brother is a superhero”. É isto que pensa Diogo, sobretudo depois do suicídio do irmão, mesmo à sua frente. É neste quarto que se passarão as cenas marcadas pela nostalgia de um filho/irmão perdido.

HOSTEL

décors HOSTEL:

Esta é a entrada do hostel criado pela Fernanda e pelo seu amante Renato. É um espaço relativamente pequeno, onde aparecerá mais Andreia, rececionista do alojamento. Certos confrontos casuais com Renato poderão acontecer aqui.


Depois da entrada, um espaço onde os hóspedes poderão esperar até ser atendidos. Pode também ser utilizado como espaço de lazer, para leituras diárias, por exemplo.


É dos compartimentos mais importantes do hostel, onde se juntarão vários personagens ao mesmo tempo, incluindo figurantes (hóspedes). O espaço contém uma cozinha partilhada, um canto para refeições (que poderia ser eventualmente aumentado) e mais um espaço de lazer/descanso, composto por um sofá e duas cadeiras. Todo o hostel tem uma decoração simples, atual e alegre, que pode incitar os jovens a instalarem-se no mesmo.


Os quartos são também elementos relevantes num hostel. Os quartos deste primeiro hostel de Fernanda e Renato são todos como este, com ligeiras alterações cada um (como a cor das paredes, por exemplo), para criar uma certa diversidade. O número de camas por quarto pode variar entre 4 (como este) e 8.


Este espaço foi pensado para os mais descontraídos. A mesa pode ser substituída por uma mesa de bilhar e à volta podem ser instalados computadores ou outros jogos para livre utilização por parte dos hóspedes. É um espaço sem grande importância da novela, mas algumas cenas poderão ser filmadas aqui.

AMANDA E RENATO

décors AMANDA E RENATO:

Vivendo numa casa da família do marido, Amanda vai fazer dela o que quiser: alugar os quartos a estudantes universitários. Este compartimento é onde os hóspedes passam a maior parte do tempo e também onde Amanda fala com eles antes de passarem a viver lá. Optei por algo muito mais simples e low cost, contrastando com as casas dos núcleos mais ricos.


A cozinha será o local onde Amanda passará uma boa parte do tempo. Não é um espaço enorme, até porque a avó de Renato prefere preparar tudo sozinha, enquanto os hóspedes fazem o que bem lhes apetecer.


Os quartos são seis e todos relativamente parecidos: mobília simples e eficaz que impõe uma harmonia agradável.


Grandes momentos serão passados à mesa. Aliás, os grandes momentos de humor iniciais serão durante as refeições, durante as quais Amanda quererá saber um pouco mais acerca da vida de quem acolhe em sua casa. Para isso é preciso uma mesa de jantar ampla o suficiente, como esta. O espação não é sobrecarregado para não estragar o ambiente leve das cenas.

CATARINA, ELIANA E CAROLINA

décors CATARINA, ELIANA E CAROLINA:

As três amigas procuravam um apartamento barato, mas com as condições mínimas e foi isso que encontraram: um pequeno apartamento, mobilado de forma simples e pouco dispendiosa. Esta foto mostra o compartimento único que contém a cozinha, a sala de estar e um espaço para refeições, onde Catarina, Eliana e Carolina socializarão. É também aqui que as ideias mirabolantes das três se passarão, nomeadamente as explicações.


Mais uma vez, não quis sobrecarregar-vos com muitos quartos. Os três quartos do apartamento são parecidos, com mobília e decoração ligeiramente diferentes. De assinalar que são quartos mais virados para o sexo feminino, com um subtil toque de ‘realeza’, que também caracteriza as três amigas.






"E POR VEZES" - GENÉRICO



"VAIS ENTENDER" - GERAL



"QUEM ME LEVA OS MEUS FANTASMAS" - ARMANDO GALVÃO



"A PAZ NÃO TE CAI BEM" - HOSTEL



"AQUILO QUE EU NÃO FIZ" - SÓNIA CARDOSO



"JARDIM DE INVERNO" - RENATO, FERNANDA E JOÃO



"QUEM É QUEM" - ARTUR GALVÃO



"PACIÊNCIA" - ISABEL GALVÃO



"SHINE" - DINIS GALVÃO



"ASTRONAUTA (NO LADO DE DENTRO DA TEMPESTADE)" - ANABELA GALVÃO



"BUDAPEST" - TRANSIÇÃO ENTRE CENAS



"VOLTA" - FAMÍLIA CARDOSO



"SHARK IN THE WATER" - CATARINA, ELIANA E CAROLINA



"SKY FULL OF STARS" - MAGDA E LUÍSA



"UPTOWN GIRL" - AMANDA LEAL


Os métodos de avaliação:

Júri: A cada concorrente, cada jurado dará uma pontuação de 0 a 10 ao nome da vossa novela, uma nota de 0 a 5 ao logotipo da vossa novela e uma nota de 0 a 5 à retrospectiva que fizeram, portanto ao geral da vossa novela.

Público: O público vai votar através de uma votação exterior, depois as pontuações serão convertidas de 0 a 20. Exemplo: Recebi 17 votações, o concorrente A recebeu 10 votos pelo seu desafio, depois vou converter da seguinte maneira, 10:17 = 0.6 ; 0.6 x 20 = 12.


O público pode votar a partir deste link: http://pt.encuestafacil.com/RespWeb/Cuestionarios.aspx?EID=1863406&MT=X#Inicio  

Podem votar até ao 12:00 do dia de sábado.

Comentem!

Alguma dúvida, é só perguntarem.

Volto sábado, com as pontuações da 8ª semana e com a revelação do GRANDE VENCEDOR do Produção Exclusiva! Até lá! Very Happy


Última edição por Nuno em Qua Out 29, 2014 8:25 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 16029
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:35 pm
Penso que nesta semana devíamos votar apenas no melhor concorrente.

Parabéns pelos logos, caros colegas. Só não gostei muito de um. Smile
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:37 pm
Qual é o logo que tu não gostas? Razz
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 16029
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:39 pm
Não vou muito com o do Johnman. Um pouco pesado e desatualizado. Mas ainda assim não está mau de todo.

Em relação aos nomes, modéstia à parte, prefiro o meu. xD
avatar
Nível 2
Sexo : Feminino
Mensagens : 20118
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 30
Localização : Hogwarts
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:48 pm
Só vi isto agora... Eu acho o nome mais importante que o grafismo, logo acho que o nome devia valer mais que o logo.

O nome é a identidade da novela. Quando falamos de uma novela (filme, serie, wtv) chamamos pelo nome, não pelo logo!

E já agora, o que é suposto avaliarmos na retrospectiva?

_________________
avatar
Nível 2
Mensagens : 2090
Data de inscrição : 19/10/2013
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:55 pm
Magy escreveu:Só vi isto agora... Eu acho o nome mais importante que o grafismo, logo acho que o nome devia valer mais que o logo.

O nome é a identidade da novela. Quando falamos de uma novela (filme, serie, wtv) chamamos pelo nome, não pelo logo!

Eu concordo. E para além disso também não faz muito sentido avaliar a novela toda outra vez. Por isso é que a avaliação é contínua.

Eu preferia que fosse:
5 pontos- qualidade do nome
5 pontos - logotipo
10 pontos - adequação do nome à novela

Just My Opinion Wink
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 14699
Data de inscrição : 04/06/2014
Idade : 18
Localização : Anderlecht
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 7:56 pm
A retrospectiva é o geral da novela. Smile

Quanto ao que disseste, Magy, vou esperar por outras opiniões para ver o que faço.
avatar
Nível 2
Sexo : Masculino
Mensagens : 16029
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 8:01 pm
O que a Magy disse é verdade, se bem que criar o logo dá muito mais trabalho. Razz Mas por podem mudar.
avatar
Nível 2
Sexo : Feminino
Mensagens : 20118
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 30
Localização : Hogwarts
Ver perfil do usuário

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

em Qua Out 29, 2014 8:03 pm
O geral da novela já foi avaliado ao longo do concurso. Não vai ser agora que eu vou mudar a minha opinião sobre as novelas! xD

Quanto à sugestão do Manel, acho que se pode juntar o nome e a sua adequação à história. Aliás, nas avaliações que já estou a fazer é assim que estou a avaliar.
A minha sugestão é:

Nome e adequação - 15
Logo - 5

ou

Nome e adequação - 10
Logo - 10

_________________
Conteúdo patrocinado

Re: Produção Exclusiva [8ª Semana]

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum