Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Dancin' Days [Parte II]

Ir à página : 1, 2, 3 ... 19 ... 38  Seguinte

Como classificas Dancin' Days no geral?

33% 33% [ 14 ]
12% 12% [ 5 ]
9% 9% [ 4 ]
14% 14% [ 6 ]
0% 0% [ 0 ]
16% 16% [ 7 ]
2% 2% [ 1 ]
2% 2% [ 1 ]
0% 0% [ 0 ]
12% 12% [ 5 ]
Total dos votos : 43

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 38]

1 Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:04 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Free Live escreveu:O Ricardo de Laços de Sangue também o fez Razz
A Sofia de Mundo Meu também se atirou de um precipício com a Rita. Laughing

Ver perfil do usuário

2 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:06 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Samuel escreveu:
Wiseman escreveu:
Samuel escreveu:E os vilões não costumam suicidar-se.

A Salomé de Flor do Mar, a Patrícia de Meu Amor e o Henrique de Ilha dos Amores suicidaram-se. A Helena de Remédio Santo também o fez, de certa forma, quando abriu as algemas que a prendiam ao Gonçalo.

Não vi nada disso. Very Happy

Por isso é que o teu grau de exigência no que toca a novelas não é muito elevado. Viste poucas. Razz

Ver perfil do usuário

3 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:14 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Lembrei-me de mais três vilões que se suicidaram: a Débora (Fernanda Serrano) de Tu e Eu, que se matou na prisão, a Sara (Sofia Alves) e o Carlos (Sinde Filipe) de Fala-me de Amor, que ingeriram comprimidos letais para morrerem.

O que não faltam são vilões cujo final foi o suicídio. Smile

Ver perfil do usuário

4 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:20 pm

climatico

avatar
Nível 2
Wiseman... Arranjo-te mais:

Nazaré Tedesco, em Senhora do Destino, que se atira de uma ponte.
Maria Regina, em Suave Veneno, que dentro de um carro se atira de uma ribanceira.
Heloísa, Mulheres Apaixonadas, que se atira da janela de um prédio.


_________________
http://alemdosonho.pt.vu
Ver perfil do usuário

5 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:23 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Qualquer dia não cabem mais vilões fictícios no Vale dos Suicidas. Laughing

Ver perfil do usuário

6 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:27 pm

Samuel

avatar
Nível 2
Wiseman escreveu:
Samuel escreveu:
Wiseman escreveu:

A Salomé de Flor do Mar, a Patrícia de Meu Amor e o Henrique de Ilha dos Amores suicidaram-se. A Helena de Remédio Santo também o fez, de certa forma, quando abriu as algemas que a prendiam ao Gonçalo.

Não vi nada disso. Very Happy

Por isso é que o teu grau de exigência no que toca a novelas não é muito elevado. Viste poucas. Razz

Vi muitas brasileiras, mas a memória não apanha tudo. Razz Mas acho que o grau de exigência vai de encontro aos gostos de cada um e não à quantidade.


_________________

https://www.facebook.com/susanafelixfas/?fref=ts
Ver perfil do usuário

7 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:40 pm

Pedrosic

avatar
Nível 2
Se não querem que os vilões morram no final, querem o quê que vivam felizes e contentes!? Suspect

E já tivemos um final no qual o vilão vive feliz e contente, falo claramente em Rosa Fogo ou o José saiu da terra para a sua vingança começar... Razz


_________________
Ver perfil do usuário

8 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:56 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Há outras opções para além da morte: a regeneração/resolução gradual e natural dos conflitos internos, a fuga (que também é regularmente utilizada nas novelas e pode ser bem ou mal aplicada, dependentemente do percurso e da aceitação do vilão por parte do público)… a tragédia não tem que ser a primeira escolha para as personagens más e perturbadas.

Ver perfil do usuário

9 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:58 pm

Convidado


Convidado
O henrique de ilha dos amores nao se suicidou! Acabou ele a olhar para a pistola na solidao!!

10 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:58 pm

climatico

avatar
Nível 2
Então, a Inês podia dar a separação ao Duarte, fingir que viajava, mas , na última cena da novela, aparece, escondida e a seguir o casal!

xD


_________________
http://alemdosonho.pt.vu
Ver perfil do usuário

11 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 5:59 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Samuel escreveu:
Wiseman escreveu:
Samuel escreveu:

Não vi nada disso. Very Happy

Por isso é que o teu grau de exigência no que toca a novelas não é muito elevado. Viste poucas. Razz

Mas acho que o grau de exigência vai de encontro aos gostos de cada um e não à quantidade.

Também vai de encontro à quantidade, pois quanto mais novelas as pessoas vêem, mais originalidade pedem nas seguintes.

Ver perfil do usuário

12 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:04 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
climatico escreveu:Então, a Inês podia dar a separação ao Duarte, fingir que viajava, mas , na última cena da novela, aparece, escondida e a seguir o casal!

xD

Quem fez essa sugestão foste tu e, na minha opinião, é uma péssima sugestão. Laughing

Ver perfil do usuário

13 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:08 pm

Nês

avatar
Nível 2
Eu nunca gostei da relação Inês- Duarte. Quero que ele fique com a Júlia. A outra não me interessa que fim terá! LOL


_________________
http://quequedizes.blogspot.pt/
Ver perfil do usuário

14 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:08 pm

Convidado


Convidado
Wiseman escreveu:
Samuel escreveu:E os vilões não costumam suicidar-se.

A Salomé de Flor do Mar, a Patrícia de Meu Amor e o Henrique de Ilha dos Amores suicidaram-se. A Helena de Remédio Santo também o fez, de certa forma, quando abriu as algemas que a prendiam ao Gonçalo.
----- o henrique suicidou-se? A novela acabou com ele a olhar para a arma na solidao..

15 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:15 pm

Samuel

avatar
Nível 2
Wiseman escreveu:
Samuel escreveu:
Wiseman escreveu:

Por isso é que o teu grau de exigência no que toca a novelas não é muito elevado. Viste poucas. Razz

Mas acho que o grau de exigência vai de encontro aos gostos de cada um e não à quantidade.

Também vai de encontro à quantidade, pois quanto mais novelas as pessoas vêem, mais originalidade pedem nas seguintes.

Ai, não estou nada de acordo. Eu sei o que é originalidade e não preciso de ver novelas para saber quando há falta dela.


_________________

https://www.facebook.com/susanafelixfas/?fref=ts
Ver perfil do usuário

16 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:19 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
ivovieira escreveu:
Wiseman escreveu:
Samuel escreveu:E os vilões não costumam suicidar-se.

A Salomé de Flor do Mar, a Patrícia de Meu Amor e o Henrique de Ilha dos Amores suicidaram-se. A Helena de Remédio Santo também o fez, de certa forma, quando abriu as algemas que a prendiam ao Gonçalo.
----- o henrique suicidou-se? A novela acabou com ele a olhar para a arma na solidao..

Foi um final aberto, mas o contexto da cena deu a entender que ele atirou sobre si próprio.



Última edição por Wiseman em Qua Fev 20, 2013 6:20 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

17 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:19 pm

Nês

avatar
Nível 2
Wiseman, se fosse assim como dizes então a TVI não teria tantos anos de sucesso como teve. Há coisas que compensam a falta de originalidade e num final de uma novela as pessoas gostam de ver um final feliz. Os diferentes têm de ser bem feitos e lógicos e muitas das vezes não é isso que acontece e a novela fica marcada na memória pelo final mau que teve. Isso acontece muitas das vezes quando os autores querem sair do cliché.


_________________
http://quequedizes.blogspot.pt/
Ver perfil do usuário

18 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:33 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Inês S. escreveu:Há coisas que compensam a falta de originalidade e num final de uma novela as pessoas gostam de ver um final feliz.

As personagens queridas pelo público não têm que acabar mal por os autores optarem por fugir aos finais frequentemente atribuídos aos maus da fita (o que nem é o caso da Inês, que é boa pessoa).

Spoiler:
Atendendo ao perfil da personagem (sensata, inteligente, compreensiva, etc), penso que o suicídio é um desfecho injusto e, segundo a tua lógica, infeliz, porque os erros que ela vai cometer vão ser motivados por uma doença hereditária provocada pelas circunstâncias.



Última edição por Wiseman em Qua Fev 20, 2013 6:45 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

19 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 6:44 pm

Nês

avatar
Nível 2
Wiseman escreveu:
Inês S. escreveu:Há coisas que compensam a falta de originalidade e num final de uma novela as pessoas gostam de ver um final feliz.

As personagens queridas pelo público não têm que acabar mal por os autores optarem por fugir aos finais frequentemente atribuídos aos maus da fita (o que nem é o caso da Inês, que é boa pessoa).

Spoiler:
Atendendo ao perfil da personagem (sensata, inteligente, compreensiva, etc), penso que o suicídio é um desfecho injusto e, segundo a tua lógica, infeliz, porque os erros que ela vai cometer vão ser motivados por uma doença hereditária provocada pelas circunstâncias
.

Acabaste por revelar o spoiler, mas respondendo, eu não acho que o final da Inês seja uma forma de fugir do cliché. Muito pelo contrário. O final é frequente, tanto como tu próprio o mencionaste. Não há muito mais por onde fugir numa personagem vilã. Ou matam-na, ou mata-se, ou vai para a prisão ou foge. Tudo o resto são formas de tornar os finais menos previsíveis e muitas das vezes esses mesmo acabam por não ser o que o público gostaria de ver e/ou não têm qualquer lógica ou coerência. Neste caso, o final até é bastante real. Infelizmente é comum muitas mulheres (mais do que os homens) acabarem assim.

Eu não quero saber muito como ela acaba, sinceramente, porque mesmo ela tendo feito tudo o fez por estar conturbada, ela é a vilã da história. E como é normal nas vilãs os finais não são felizes. Eu prefiro isso do que meter a personagem com um final triste na mesma, onde se veja numa clinica qualquer, ou num final em que tu próprio te perguntas "mas ela está tão boa agora. Quem diria que teve uma perturbação que a fez fazer aquilo tudo?". Não seria real. As pessoas que chegam ao ponto onde ela vai chegar estão num estado tal que não existe cura. Existe tratamento, mas para ser real o fim dela seria sempre triste. A personagem assim o exige.

Aliás, eu não sei que tipo de distúrbio lhe vão atribuir,
Spoiler:
mas se for bipolaridade, esta é caracterizada muito pelo suicídio. É uma coisa mais que lógica.



Última edição por Inês S. em Qua Fev 20, 2013 6:49 pm, editado 1 vez(es)


_________________
http://quequedizes.blogspot.pt/
Ver perfil do usuário

20 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 7:01 pm

Nês

avatar
Nível 2
Wiseman escreveu:Tens razão e agradeço que modifiques a tua citação. Wink

Inês S. escreveu:(...) eu não acho que o final da Inês seja uma forma de fugir do cliché. Muito pelo contrário. O final é frequente, tanto como tu próprio o mencionaste.

Eu não disse que o final da Inês era original. Pelo contrário. Rolling Eyes Laughing

Mas ela nunca iria ter um final feliz. Se o tivesse, para fugir ao cliché do final mau para os vilões, o final seria pouco coerente e isso iria ser um risco de matar uma novela pelo final.

Tu defendes que o final dela, feliz, não depende do final feliz das personagens queridas pelo público, então estás a dar razão ao Samuel, quando ele diz que o grau de exigência vai de encontro aos gostos de cada um e não à quantidade de finais que vemos. Estás a dar razão que os finais das personagens queridas do público tendem a querer-se ser feliz. Que o que muda no final das personagens não é a originalidade, mas sim o gosto. Que independentemente de quantas vires, tu gostares do final, ou não, não depende de clichés, de quantas novelas viste, mas sim do teu gosto pela personagem. Tu defendes o final feliz para ela porque gostas da personagem dela. Em nada tem a ver se ela o merece ou não.

Gostava eu de saber se na tua vida, quando encontras alguém que te faz mal se no fim de essa pessoa te fazer isso se continuas a ver apenas a parte boa dela. Se calhar até te esqueces disso. Neste caso a Inês por muito boa que fosse, o mau ultrapassa os limites e como na maioria das histórias que passaram pela minha TV, o mau é pago no fim. Esta é só uma maneira de o fazer. Na minha opinião ajustado ao que acontece até no nosso dia-a-dia.


_________________
http://quequedizes.blogspot.pt/
Ver perfil do usuário

21 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 7:14 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Inês S. escreveu:
Wiseman escreveu:
Inês S. escreveu:Há coisas que compensam a falta de originalidade e num final de uma novela as pessoas gostam de ver um final feliz.

As personagens queridas pelo público não têm que acabar mal por os autores optarem por fugir aos finais frequentemente atribuídos aos maus da fita (o que nem é o caso da Inês, que é boa pessoa).

Spoiler:
Atendendo ao perfil da personagem (sensata, inteligente, compreensiva, etc), penso que o suicídio é um desfecho injusto e, segundo a tua lógica, infeliz, porque os erros que ela vai cometer vão ser motivados por uma doença hereditária provocada pelas circunstâncias
.

Acabaste por revelar o spoiler, mas respondendo, eu não acho que o final da Inês seja uma forma de fugir do cliché. Muito pelo contrário. O final é frequente, tanto como tu próprio o mencionaste. Não há muito mais por onde fugir numa personagem vilã. Ou matam-na, ou mata-se, ou vai para a prisão ou foge. Tudo o resto são formas de tornar os finais menos previsíveis e muitas das vezes esses mesmo acabam por não ser o que o público gostaria de ver e/ou não têm qualquer lógica ou coerência. Neste caso, o final até é bastante real. Infelizmente é comum muitas mulheres (mais do que os homens) acabarem assim.

Eu não quero saber muito como ela acaba, sinceramente, porque mesmo ela tendo feito tudo o fez por estar conturbada, ela é a vilã da história. E como é normal nas vilãs os finais não são felizes. Eu prefiro isso do que meter a personagem com um final triste na mesma, onde se veja numa clinica qualquer, ou num final em que tu próprio te perguntas "mas ela está tão boa agora. Quem diria que teve uma perturbação que a fez fazer aquilo tudo?". Não seria real. As pessoas que chegam ao ponto onde ela vai chegar estão num estado tal que não existe cura. Existe tratamento, mas para ser real o fim dela seria sempre triste. A personagem assim o exige.

Aliás, eu não sei que tipo de distúrbio lhe vão atribuir,
Spoiler:
mas se for bipolaridade, esta é caracterizada muito pelo suicídio. É uma coisa mais que lógica.

Ela é a principal opositora da Júlia neste momento, mas isso não faz dela uma vilã e muito menos A vilã da história. Aliás, nesta novela não existem vilões/personagens marcadamente más. Apenas pessoas imperfeitas que, mesmo tendo características e atitudes que desagradam o público, têm bom fundo, como é o caso da Raquel e da Teresa. A Inês vai fazer parte desse lote de personagens.

Não concordo quando dizes que o suicídio é um desfecho inevitável para os doentes bipolares. Alguns não recorrem à psicoterapia e à medicação e outros não respondem de uma forma positiva aos tratamentos, mas a taxa de pessoas que vencem a doença não é assim tão baixa. A Inês vai passar por uma fase má da sua vida, tal como a mãe passou, mas podia recuperar o equilíbrio se fosse internada, tratada e acompanhada por um profissional. Mais tarde poderia reintegrar-se na sociedade e, quiçá, encontrar outro homem, ou apenas reconstruir a sua carreira e partilhar a custódia do filho com o Duarte quando já não representasse um perigo para ele. Há muitos desfechos possíveis para esta personagem porque ela não se enquadra no perfil que a maioria dos vilões de enquadram.

Eu nunca disse que o final que aparentemente vai ser atribuído à Inês era original. Muito pelo contrário. Rolling Eyes

Ver perfil do usuário

22 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 7:24 pm

Wiseman

avatar
Nível 2
Inês S. escreveu:Tu defendes que o final dela, feliz, não depende do final feliz das personagens queridas pelo público, então estás a dar razão ao Samuel, quando ele diz que o grau de exigência vai de encontro aos gostos de cada um e não à quantidade de finais que vemos. Estás a dar razão que os finais das personagens queridas do público tendem a querer-se ser feliz.

Não percebo como estou a dar razão ao Samuel se são dois assuntos que não se tocam.

A Inês não precisa de morrer/acabar mal para a Júlia e o Duarte ficarem juntos, porque se ela se tratar e perceber que perdeu o Duarte e não pode recuperá-lo, todos acabam bem. Talvez não seja um final original, mas fugia aos desfechos frequentemente atribuídos a estas personagens sem tirar coerência e credibilidade à história e, ao mesmo tempo, satisfazia o público, que, como dizes, gostam de finais felizes. Juntava-se o útil ao agradável. Wink

Ver perfil do usuário

23 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 8:44 pm

Nês

avatar
Nível 2
Mas as pessoas gostam de finais felizes para as personagens boas. Para as más não gosta!

Wiseman escreveu:

Ela é a principal opositora da Júlia neste momento, mas isso não faz dela uma vilã e muito menos A vilã da história. Aliás, nesta novela não existem vilões/personagens marcadamente más. Apenas pessoas imperfeitas que, mesmo tendo características e atitudes que desagradam o público, têm bom fundo, como é o caso da Raquel e da Teresa. A Inês vai fazer parte desse lote de personagens.

Não concordo quando dizes que o suicídio é um desfecho inevitável para os doentes bipolares. Alguns não recorrem à psicoterapia e à medicação e outros não respondem de uma forma positiva aos tratamentos, mas a taxa de pessoas que vencem a doença não é assim tão baixa. A Inês vai passar por uma fase má da sua vida, tal como a mãe passou, mas podia recuperar o equilíbrio se fosse internada, tratada e acompanhada por um profissional. Mais tarde poderia reintegrar-se na sociedade e, quiçá, encontrar outro homem, ou apenas reconstruir a sua carreira e partilhar a custódia do filho com o Duarte quando já não representasse um perigo para ele. Há muitos desfechos possíveis para esta personagem porque ela não se enquadra no perfil que a maioria dos vilões de enquadram.

Eu nunca disse que o final que aparentemente vai ser atribuído à Inês era original. Muito pelo contrário. Rolling Eyes

Wiseman, na minha opinião a Inês, juntamente com a Raquel, são as vilãs da novela. Não tenho dúvidas. A Teresa está noutro lote.

Eu não disse que era inevitável, disse que a bipolaridade é caracterizada pelo suicídio. E não disse mentira nenhuma, infelizmente. Falo porque estudei isso e porque tenho, infelizmente, exemplos na minha vida. A doença não se vence! Não sei onde leste isso, mas quem é bipolar é bipolar para toda a vida. É uma doença crónica que tem de ser tratada e que toda a vida vai acompanhar a pessoa.

Eu não vejo nenhum final feliz desses, para uma vilã destas. Eu vejo a Inês de outra forma que tu não vês. E portanto, tal como disse anteriormente, o teu gosto pela personagem faz com quem tu queiras que ela termine bem!
E uma coisa tem a ver com outra. Os finais que tu dizes que não são originais, não são originais pelo número, mas sim pelo facto da maioria do gosto das pessoas que acompanham os produtos ficcionais ser igual, sempre a tender para os bons ficarem bem e os maus mal.


_________________
http://quequedizes.blogspot.pt/
Ver perfil do usuário

24 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 8:56 pm

Yugo

avatar
Nível 2
Vocês os dois... Twisted Evil

Já num outro tópico 'pegaram-se' também. televisão


Ver perfil do usuário

25 Re: Dancin' Days [Parte II] em Qua Fev 20, 2013 8:58 pm

Nês

avatar
Nível 2
shifty foi? Qual foi? Lembras-te?


_________________
http://quequedizes.blogspot.pt/
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado



Publicidade



Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 38]

Ir à página : 1, 2, 3 ... 19 ... 38  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum